Gideões da CCB Livre de Religião.
Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Setembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930 

Calendário Calendário

Estatísticas
Temos 1262 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de claudio lima

Os nossos membros postaram um total de 1747 mensagens em 569 assuntos
Anuncios

    Não há anúncios disponíveis.


    Os Símbolos dos Judeus Maçônicos!

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

    Os Símbolos dos Judeus Maçônicos!

    Mensagem por Fco Oliveira em Sex Ago 03, 2012 6:19 pm



    Os Símbolos Maçônicos Judeus!


    Os Símbolos Maçônicos estão em todos os séculos da ERA Astrológica dos
    Judeus, se ver e se comprovam eles, em toda a bíblia dos judeus
    messiânicos ou as escrituras sagradas dos hebreus.


    Vamos conferir eles na íntegra, começando pelo o Candelabro dos Judeus
    Maçônicos da ERA de Ares, tendo como Messias salvador Mosheh/Moisés e sua
    torah, este aqui:


    1-

    Êxodo 25;31 ao 40 Também farás um candelabro de ouro puro; de ouro batido se fará este candelabro; o seu pé, as suas hastes, os seus copos, os seus botões, e
    as suas flores serão do mesmo.



    Estes três aqui, são os Símbolos dos Judeus Maçônicos da ERA Astrológica de
    Peixe, que é a ERA atual, tendo como Messias Yeshua/Jesus é o Candelabro
    com um Peixinho na Haste ou com o Hexagrama, completado com o rabo do
    peixinho:


    1-

    2-

    O Ro´sh Marcos Andrade Abrão, é o Papa divulgador deste Símbolo dos Judeus
    Maçônicos aqui no Brasil, a Sinagoga dele, é a Única que exibe este
    Símbolo Astrológico Maçônico sem nenhuma censura.

    3-

    Os outros movimentos judaizantes que se ver por ai, ostentam este Símbolo,
    mas o mais visível é o da ERA de Ares, como se ver na Congregação
    Israelitas da Nova Aliança:

    http://www.israelitas.com.br/home/index.php

    Os Testemunhas de Yehôshua divulgam vários Símbolos Maçônicos, como: o Hexagrama, o Shofar, o Candelabro da ERA de Ares; pra esta comunidade, o Messias que se chama Yehôshua-Josué é o Próprio Deus como diz na bíblia.

    http://www.testemunhasdeyehoshua.org.br/index.html

    Mas todos estes movimentos judaizantes, estão divulgando estes Símbolos sem nenhum conhecimento do seu significados, para eles, todos são meramente
    Sagrados; pois veio do judaísmo! Sem saber que tudo que vem dos judeus é
    fraude e criação Maçônica.


    Última edição por Gideão da CCB Livre em Qua Mar 13, 2013 9:52 pm, editado 1 vez(es)
    avatar
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1362
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 55
    Localização : Catanduva São Paulo

    http://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Re: Os Símbolos dos Judeus Maçônicos!

    Mensagem por Fco Oliveira em Qua Mar 13, 2013 12:00 pm


    Me foi enviado uma mensagem, em nome do "Corpo Jurídico da Beit El Shamah" solicitando a exclusão da matéria do Site, vejam:


    Prezado Gideão da CCB Livre,

    Foi postado no dia 3 de Agosto de
    2012 em seu site um tópico de nome “Os Símbolos dos Judeus Maçônicos!”,
    tópico esse que por sua vez faz citação ao líder da Beit El Shamah, como
    vemos a seguir:

    "O Ro´sh Marcos Andrade Abrão é o Papa
    divulgador deste Símbolo dos Judeus Maçônicos aqui no Brasil, a Sinagoga
    dele, é a Única que exibe este Símbolo Astrológico Maçônico sem nenhuma
    censura."


    Por serem inverossímeis tais fatos é que pedimos a
    gentileza de sua exclusão
    , respeitamos o debate religioso e a livre
    circulação de ideias, todavia há limite constitucional e legal para tais
    atitudes, como já dito, tais afirmações não são verdadeiras e para
    evitar maiores imbróglios, viemos mui respeitosamente reiterar o nosso
    pedido da retirada dos mesmos.

    Rio de Janeiro, 07 de março de 2013

    Atenciosamente,

    Corpo Jurídico da Beit El Shamah.



    Endereço eletrônico do remetente: beitelshamah@gmail.com

    Só farei o que estão me pedindo, se vocês me provarem que este "Símbolo ostentado por Vocês não é do Messias Solar da ERA de peixe"; provado a mais de 1.500 no mundo astrológico.

    Diante de um documento oficial arqueológico, provando que este Símbolo (o Candelabro hebreu com o peixinho na haste, que foi retirado dos vídeos do You Tub, depois da minha matéria ser divulgada), não é do Messias Solar da ERA de Peixe, ai sim, eu retirarei do Site e do Facebook a matéria.


    Última edição por Gideão da CCB Livre em Qua Ago 21, 2013 4:13 pm, editado 1 vez(es)
    avatar
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1362
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 55
    Localização : Catanduva São Paulo

    http://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Re: Os Símbolos dos Judeus Maçônicos!

    Mensagem por Fco Oliveira em Qua Mar 13, 2013 10:14 pm

    Por que vou manter a matéria na web? Por que não sou eu o inventor destes Símbolos Hebraicos Maçônicos, eu apenas estou divulgando uma verdade difundida por todos! Vejam:

    Origem do símbolo entre os israelitas

    De acordo com a tradição judaica, este símbolo era desenhado ou encravado sobre os escudos dos guerreiros do exército do rei Davi. Esta tradição teve origem no fato de o nome hebraico para Davi (pronunciado David) ser escrito originalmente por três letras do alfabeto hebraico - Dalet, Vav e Dalet.

    Estas duas letras Dalet tinham uma forma triangular no alfabeto hebraico usado até então, uma variação do alfabeto fenício, conhecido como proto-hebraico.

    Estas duas letras então eram encravadas nos escudos dos soldados uma sobreposta a outra, formando uma espécie de estrela.

    Apesar de ser uma explicação plausível, carece de provas históricas ou arqueológicas para prová-la.

    A forma atual do Escudo de Davi já aparecia em diversas culturas do extremo oriente há milhares de anos, só nas últimas centenas de anos que mudou-se para um símbolo puramente judaico.

    Este símbolo apareceu primeiramente ligado aos judeus já na Era do Bronze - no século IV a.C. - num selo judaico achado na cidade de Sidon.

    Também aparece em muitas sinagogas antigas na terra de Israel datadas da época do Segundo Templo e até mesmo em algumas depois de sua destruição pelos romanos.

    Não lhe era dado, ao menos aparentemente, um significado tão especial ou místico, mas ornamental, assim como muitas Estrelas de Davi foram achadas ao lado de “Escudos de Salomão” (estrelas de cinco pontas ou pentagramas) e, curiosamente, ao lado de suásticas.

    Um exemplo é o friso da sinagoga de Cafarnaum (século II ou III da era cristã) e uma lápide (ano 300 da era cristã), encontrada no sul da Itália.

    Apesar disso, a Estrela de Davi não aparece entre os símbolos judaicos mais importantes do período helenístico.

    O testemunho mais antigo deste emblema na literatura judaica é mostrado no livro do sábio caraíta Yehudah ben Eliahu Hadasi, que viveu no século XII, em seu livro “Eshkol Hakofer”.

    No capítulo 242, ele expõe costumes de pessoas do povo que aos poucos foram mudando o símbolo do Escudo de Davi de um simples selo para um tipo de signo místico ou amuleto:

    “e os sete anjos na Mezuzá foram escritos - Miguel e Gabriel [...] o Eterno irá guardar-te e este símbolo chamado Escudo de Davi é escrito em todos os anjos e no final da Mezuzá...”.

    Assim sendo, já naquela época, este símbolo tinha um caráter místico, sendo freqüentemente gravado como uma forma de amuleto, protetor.

    A identificação efetiva da Estrela de Davi com o Judaísmo começou na Idade Média. Em 1354, o rei Carlos IV (Karel IV) concedeu o privilégio à comunidade judaica de Praga de ter sua própria bandeira.

    Os judeus confeccionaram, num fundo vermelho, um hexagrama, a Estrela de Davi, em ouro. Documentos referem-se a este símbolo como sendo a “bandeira do rei Davi“.

    Em Praga, a estrela de seis pontas – sempre chamada de “Maguen David” – passou a ser usada tanto em sinagogas, como no selo oficial da comunidade e em livros impressos.

    No século XIX, difundiu-se o símbolo da Estrela de Davi também nos carimbos de judeus e sobre cortinas das Arcas Santas das sinagogas.

    Junto com parte dos judeus devotos, expandiu-se a alegação de que a origem do símbolo da Estrela de Davi estava diretamente ligada às flores que adornavam a Menorá - candelabro de sete braços que fazia parte dos objetos do Templo em Jerusalém;

    – Feitas numa forma de relevo de lírios de seis pétalas, que faziam uma silhueta parecida com a forma da Estrela de Davi. Entre os que creem nesta suposta origem do famoso símbolo, há uma interpretação que a Estrela de Davi foi feita diretamente pelas mãos do próprio Deus de Israel.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Estrela_de_Davi#Origem_do_s.C3.ADmbolo_entre_os_israelitas

    Para que eu retire a matéria da web, o "Corpo Jurídico" vai ter que mutilar todas estas verdades, que todos estes livros estão falando a milhares de anos! O meu trabalho foi só juntar as peças e mostrar ao mundo a mensagem subliminar que estes Símbolos transmitem.
    avatar
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1362
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 55
    Localização : Catanduva São Paulo

    http://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Re: Os Símbolos dos Judeus Maçônicos!

    Mensagem por Fco Oliveira em Qua Mar 13, 2013 10:33 pm

    Hexagrama!

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Hexagrama

    Para o símbolo symbols usado no I Ching, veja Hexagrama (I Ching)
    Para um símbolo Judaico, veja Estrela de Davi.
    Para a moeda de prata bizantina, veja Hexagrama (moeda).

    Um "hexagrama" um simbolo composto por 6 partes. os hexagramas são usados na religião para representar algum sentido, ou podem ser usados para transmitir qualquer mensagem em forma de simbologia.

    Um hexagrama é uma forma geométrica que é uma estrela de 6 pontas, composta por dois triângulos equiláteros. A interseção é um hexágono regular.

    Apesar de geralmente ser reconhecido como símbolo do judaísmo, o hexagrama é usado em outros contextos históricos, culturais ou religiosos.

    A parte que fala sobre a Estrela de Davi (O Hexagrama) como símbolo satânico, e o Peixinho Gospel muito usado em carros por cristãos pode ser na verdade uma homenagem ao deus Dagom.

    O símbolo do peixe, recorrente no início da iconografia cristã. O termo "peixe" em grego ἰχθύς (ichthýs) é o acrônimo de Ἰησοῦς Χριστός Θεοῦ Ὑιός Σωτήρ (Iēsoùs Christòs Theoù Yiòs Sōtèr), Jesus Cristo Filho de Deus Salvador.

    Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Jesus#No...

    Estrela de Davi (Hexagrama) e o Peixinho Gospel (Símbolo Cristão - ἰχθύς)

    http://www.youtube.com/watch?v=dibobFOqnZQ

    Quem quiser conhecer tudo sobre estes Símbolos da Fraternidade Branca-Maçonaria, entre neste Site:

    https://sites.google.com/site/ochamadodeus/simbolos-maliguinos

    Aqui explica até os Símbolos Maçônicos que estão na Bandeira do nosso Pais-Brasil.
    avatar
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1362
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 55
    Localização : Catanduva São Paulo

    http://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Re: Os Símbolos dos Judeus Maçônicos!

    Mensagem por Fco Oliveira em Qui Mar 14, 2013 12:24 am


    SIMBOLOS MALIGUINOS, QUE A
    MAÇONARIA QUER QUE TODOS ADOREM COMO SE FOSSE SAGRADOS E NA VERDADE SÃO
    ARMAÇÃO DIABÓLICAS E ESTÃO EM TODAS AS PARTES DO MUNDO.







    Temos
    aqui os símbolos malignos tanto da Nova Era, do Satanismo, da
    Maçonaria, etc. Temos também algumas frases, além dos símbolos. Na
    página de cada símbolo existe a informação de por quem ele é usado.



    Estes
    símbolos estão cada vez mais presentes em nosso cotidiano. Temos que
    ficar atentos e pedir muito discernimento do ETERNO para não
    utilizarmos um destes, como por exemplo quando formos comprar roupas,
    pois muitos destes estão estampados em peças de roupa. E pode ter
    certeza, eles são maléficos! Falo por experiência própria. Saiba que a
    partir do momento que você CONHECE a malignidade deles, será cobrado por
    isso.

    Nota:
    Os símbolos podem sofrer pequenas alterações ou parecerem um pouco
    diferentes, quando vistos em outros lugares, mas a estrutura é a mesma;
    ou então misturados com outros símbolos. Geralmente podem sofrer
    pequenas alterações para ficarem camuflados e escondidos em alguns
    lugares. Alguns podem ter outros significados além destes, mas estes são
    os mais conhecidos significados.


    ATENÇÃO:
    MUITO CUIDADO COM ESTES SÍMBOLOS, POIS ELES TÊM UMA CARGA NEGATIVA E
    MALIGNA MUITO FORTE PARA NÓS. PORTANTO, SE VOCÊ NÃO ESTIVER BEM
    ESPIRITUALMENTE, NÃO OS VEJA, PARA QUE NÃO SEJA ATINGIDO POR NENHUM MAL.
    MENORES NÃO PODEM VÊ-LOS, EM CIRCUNSTÂNCIA ALGUMA.




    Cristais


    O cristal é usado como captador da suposta energia cósmica (chi) com o fim de equilibrar as supostas energias curativas do...



    yin e yang

    Representa
    a criação em pleno equilíbrio inicial. A parte superior da senóide
    representa a polaridade positiva, e se decai progressivamente até se
    tornar negativa. A idéia do símbolo é indagar quando é que algo deixa de
    ser positivo para se tornar negativo. Define-se que um lado sempre
    contém algo do outro. Nada é totalmente bom e nem totalmente mal.


    Representa
    o equilíbrio entre as forças contrárias. O bem e o mal são a mesma
    coisa, apenas são vibrações altas ou baixas. Assim, a Nova Era afirma
    que o ETERNO e Lucifer se completam, pois as forças opostas são parte da
    mesma perspectiva divina.


    O
    negativo e o positivo. Equilíbrio das energias cósmicas; os dois
    extremos da vida: o bem e o mal. Representado por uma circunferência
    dividida por uma parte branca e outra preta. Sugere a possibilidade de
    harmonia entre o bem e o mal, entre as trevas e a luz. Em outras
    palavras, ensina que o diabo não é tão ruim como se fala. O símbolo
    representa as duas forças integrantes do Universo: "yin", força negativa
    ou feminina; "yang", força positiva ou masculina, segundo um princípio
    filosófico surgido na China há milhares de anos. A alternância entre o
    "yin" e o "yang" constitui a base da tradicional crença chinesa no
    processo cíclico de nascimento e dissolução e na interdependência entre o
    mundo da natureza e a vida do homem. "Yin/Yang" são, na filosofia
    oriental, as duas forças complementares, ou os dois princípios,
    contrários que se harmonizam, que abrangem todos os aspectos e fenômenos
    da vida (Encyclopaedia Britannica do Brasil Publicações Ltda.)


    Nota: Podemos vê-lo em marcas de roupas e bijuterias, por exemplo.



    Brasão do príncipe da espada

    Neste Brasão vemos, inicialmente, o triângulo equilátero
    (Veja Abaixo) em forma de chama. O triângulo expressa a Grande
    Fraternidade Branca e a Mônada Divina. O triângulo em forma de chama
    expressa Os Senhores da Chama, os (Sete) Kumaras, dos Quais o Príncipe
    da Espada é o Sexto.


    No centro vemos o círculo, que expressa, ao mesmo tempo, o Oroboros (Veja Abaixo) e o símbolo do planeta Mercúrio (quando observado conjugado à empunhadeira da espada).

    Ladeando
    Mercúrio, vemos os símbolos de Marte e Vênus. Estes três planetas estão
    representados na Terra, através de Suas respectivas Hierarquias, as
    Quais são responsáveis pela evolução da vida-consciência deste Orbe.


    Na
    parte superior do triângulo vêem-se os signos de Áries e Gêmeos,
    respectivos aos signos natalícios do Príncipe da Espada e da Sua
    Contraparte Adriana, sendo que Áries é regido por Marte e Mercúrio;
    Gêmeos regido por Mercúrio e Vênus. A união de Áries e Gêmeos, na
    Direção de uma Grande Obra Divina, produz profundos resultados
    esotéricos evolutivos, para toda a Humanidade.


    Circunscrito pelo Oroboros (Veja Abaixo), vemos outro triângulo equilátero, contendo o Hexagrama (Veja Abaixo - símbolo do Sexto Senhor) e o Pentagrama (Veja Abaixo - símbolo do Quinto Senhor), coligados, em seu ápice, pela base de um terceiro triângulo equilátero,
    o qual, por sua vez, contém em seu interior, o símbolo da Palavra
    Sagrada (O Verbo Creador), encimado pelo Olho Sem Pálpebras (símbolo do
    Supremo Arquiteto, a Divindade). A coligação entre o Hexagrama (Veja Abaixo) e o Pentagrama (Veja Abaixo),
    feita pela base do triângulo, significa a Perfeita União das Coortes do
    Sexto e Quinto Senhores na Obra do "Grande Triângulo" (Grande
    Fraternidade Branca), O Qual é a Expressão da Manifestação (Verbo
    Creador = OM – Veja Abaixo) da Vontade do Logos Universal (Supremo Arquiteto = Olho Sem Pálpebras).


    Ainda podemos ver, ladeando o segundo triângulo (circunscrito pelo Oroboros),
    as quatro letras do idioma Devanagari, que simbolizam o acróstico IBEZ
    (Grande Loja da Grande Fraternidade Branca), que está Representando a
    União das Coortes do Sexto e Quinto Senhores na face da Terra e Que está
    propiciando, à Humanidade, a Manifestação Física destes Dois Excelsos
    Senhores (O Príncipe da Espada, Sexto Senhor e o Avatara Maitreya,
    Quinto Senhor). A Espada verticalizada expressa o Poder do Primeiro
    Raio, a Lei Cósmica manifestada na Terra, através do Grande Juiz da
    Espada e da Balança, o Senhor Melki-Tsedek. A cor do Brasão
    (vermelho-rubi) representa o Raio de Marte (Sexto Raio), do qual o
    Senhor Melki-Tsedek É a Expressão.



    O Ouroboros
    tem um significado mais profundo. "Essa serpente, algumas vezes chamada
    Ouroboros, é um símbolo do Tempo, do qual só a Sabedoria emerge. A
    serpente envolve os dois símbolos dos extremos da vida criada - a
    criança e o símbolo da morte da caveira. Entre eles, a criança e a
    caveira simbolizam o 'início e depois o fim'. Como um todo, o emblema
    pode ser interpretado como se significasse, 'No final, é meu início', ou
    'O Fim é encontrado no Início', o que é aproximadamente o significado
    da frase em latim que aparece em volta do círculo." [Magic Symbols, ibidem]. Essas duas frases estão falando sobre a crença pagã na Reencarnação.



    Ofende-me
    o fato de os satanistas verem o mundo criado envolvido e controlado
    pela serpente, como mostra este Ouroboros. No entanto, a própria Bíblia
    diz que satanás é o "Príncipe deste mundo", o "príncípe das potestades
    do ar", e que estará controlando este mundo ímpio até o retorno do
    Senhor Yahushua.

    Hexagrama




    ou



    ou




    Este
    hexagrama de dois triângulos entrelaçados simboliza a alma humana,
    sendo utilizado por magos cerimoniais para encantamentos, conjurações de
    espíritos, sabedoria, purificação e reforço dos poderes psíquicos.


    Simboliza
    os processos de involução e evolução. Com efeito; o triângulo que
    aponta para baixo, apresenta a involução da energia divina que desce às
    formas mais boçais, ao passo que o triângulo voltado para cima indica a
    ascensão dos seres quer entendem a se divinizar cada vez mais.


    É
    símbolo usado como amuleto para dar sorte; representa o casamento
    perfeito entre masculino e feminino, compreensão entre sexos.


    Desde
    que o Povo de o ETERNO foi comandado por Davi, a estrela passou a ser
    usada como representante destes... A origem vem das letras do Aramaico
    que eram usadas para escrever Davi e sobrepostas tem o aspecto de uma
    estrela... No entanto, deve ser formada por dois triângulos SOBREPOSTOS e
    jamais ENTRELAÇADOS!


    OBS.: A terceira figura representa "São Cipriano" (Veja – a Cruz de Feiticeiro), o bruxo.

    Pentagrama





    Representa "a chave do portal que liga o mundo terreno diretamente com satanás".

    É
    o mais importante símbolo da Alta Magia. Tem duas facetas distintas:
    representa tanto o homem como também a figura do bode (Lucifer). O bode
    faz alusão ao bode da expiação descrito em Levítico. O que era solto no
    deserto e levava sobre si os pecados do povo. O homem, de corpo inteiro,
    tem seus braços e pernas separados, figura que representa a totalidade
    da essência humana.


    A
    questão do número cinco: poder e domínio. Como isso se expressa no
    Pentagrama: Em relação ao homem: 5 dedos na mão, 5 sentidos; Em relação
    ao Bode: 5 continentes, 5 é a cadeia hierárquica satânica.


    Cada
    ponta representa um principado: Leviathan, Asmodeo, Astaroth, Lucifer e
    Belzebu. Cada principado é consagrado em uma festa, numa determinada
    data, representa uma determinada festa do ano e governa um território:





    DIA
    AO SUL
    AO NORTE
    21 / março
    Outono - Leviathan
    Primavera - Astaroth
    21 / junho
    Inverno - Asmodeo
    Verão - Belzebu
    23 / setembro
    Primavera - Astaroth
    Outono - Leviathan
    31 / outubro
    Black Sabbath - Lucifer
    Black Sabbath - Lucifer
    25 / dezembro
    Verão - Belzebu
    Inverno – Asmodeo*
    *Neste
    dia é comemorado o Festival do Sol Invictus. É justamente por isto que o
    25 de dezembro foi escolhido como o NATAL de Cristo! Desde quando as
    Escrituras nos mostram o nascimento de Yahushua em pleno inverno (como
    os pastores estariam no Campo?)?




    É
    um dos principais símbolos utilizado por satanistas e bruxos. Muito
    utilizado em rituais satânicos para, por exemplo, invocação de demônios.
    É base para muitos rituais e ações.




    "Om"




    É o símbolo universal da Yoga, e quando pronunciado
    (reza) se torna o mais poderoso dos mantras. O "Om" é considerado a
    origem e o fim de todos os verbos. Nele o universo se cria, se conserva e
    se dissolve. É o som-semente que desenvolve o centro de força da
    "Terceira Visão", responsável pela intuição, meditação e pelos fenômenos
    da telepatia e clarividência. O "Om" é considerado o som mais próximo
    da palavra divina, e a origem de todas as demais.


    Essa
    teoria relacionada à "Terceira Visão" ou "Terceiro Olho" é usada também
    no Satanismo, visto que este é um dos 9 "portais" (chakras) utilizados
    pelos demônios para agirem na vida dos satanistas.




    Brasão do quinto senhor







    O
    Símbolo, representado por um círculo, tendo em seu interior um
    triângulo equilátero e, no interior deste, uma cruz grega com uma safira
    ao centro, é o Brasão do Excelso Quinto Senhor ou Senhor SALO, o atual
    Senhor do Mundo e Hierofante Perpétuo do Templo de IBEZ, em Letha,
    Roncador.


    O círculo com a safira ao centro, expressa o 1º Raio, a Vontade e Poder.

    O triângulo eqüilátero – Veja Abaixo - expressa o 3º Raio, a Inteligência Luminosa.

    A cruz grega expressa o 2º Raio, o Amor/Sabedoria.

    A
    safira é a mais sagrada de todas as gemas, pois expressa a Hierarquia
    dos Kumaras na Terra, sendo a sua coloração azul-índigo, a cor
    expressiva do Segundo-Raio, o Amor/Sabedoria. Esta pedra está
    relacionada a Vênus e Mercúrio. O trono do Senhor do Mundo é todo de
    safira, expressando as Duas Grandes Hierarquias, de Vênus e de Mercúrio,
    que atuam na Terra, em prol de sua evolução.


    Este
    Brasão do Excelso Senhor SALO, é adotado como o Brasão da LOJA SOLAR DE
    IBEZ, de Letha, no Roncador, e, também, pela LOJA SOLAR DE IBEZ -
    Núcleo de Teurgia Roncador de Belo Horizonte, Sua Representação Oficial
    na face da Terra.




    Triangulo EquilÁtero:




    Símbolo
    da manifestação finita na magia ocidental, muito usado em rituais para
    invocar espíritos quando o sinal da entidade a ser invocada está em seu
    centro. O triângulo equivale ao número 3, número mágico poderoso, e é um
    símbolo sagrado da deusa Tripla: Virgem, Mãe e Anciã. Representa as
    tríades sagradas e a criatividade do cosmos (pra cima: masculino / pra
    baixo: feminino).


    Nota:
    É um dos principais símbolos da Maçonaria e usado pelos “cristãos” para
    representar a trindade (Biblicamente a trindade não existe... Ela tem
    origem no paganismo!).




    Simbologia da Bandeira do Estado de Minas Gerais

    A bandeira surgiu numa época em que a Maçonaria estava atuando fortemente em Minas Gerais.

    TRIÂNGULO: Símbolo Maçônico, significa a trindade ou os três Aspectos do Logos (a Palavra).

    A COR VERMELHA: Simboliza a Energia de Marte (Sexto Senhor, Senhor de Marte ou Melki-Tsedek).

    A FRASE "Libertas Quae Sera Tamen": Frase Maçônica que traduzida do latim para o português significa "Liberdade ainda que tardia".

    Simbologia da Bandeira do Estado do Mato Grosso


    PENTAGRAMA DOURADO: Expressão do Quinto Senhor como Avatara de Vishnu (2º Raio - Amor/Sabedoria, Raio Dourado).

    AZUL: Expressão do Sexto Senhor, como Avatara de Shiva (1º Raio - Vontade/Poder, Raio Azul).

    VERDE : Expressão do 3º Raio, a Energia da Mãe do Mundo.

    CÍRCULO : Expressão do 1º Raio da Vontade e da Justiça (Senhor Melki-Tsedek, Príncipe da Espada).

    LOSANGO
    BRANCO : Expressão do 4º Raio. Significa harmonia através do conflito. É
    o Eu Superior do Brasil. Dividindo o losango em 2 partes iguais, têm-se
    2 triângulos equiláteros. O Triângulo é o símbolo da Grande Fraternidade Branca.


    PENTAGRAMA DENTRO DO CÍRCULO: É o Quinto Senhor (Pentagrama) amparado pelo Sexto Senhor (Círculo).

    Simbologia da Bandeira do Brasil


    VERDE DA BANDEIRA: Expressão do 3º Raio, a Excelsa Mãe Divina, Rainha Ignez.

    AMARELO - LOSANGO:
    Expressão do 4º Raio. Significa harmonia através do conflito. É o Eu
    Superior do Brasil. Dividindo o losango em 2 partes iguais, têm-se 2
    triângulos equiláteros. O Triângulo é o símbolo da Grande Fraternidade
    Branca.


    GLOBO AZUL ÍNDIGO: Expressa o 2º Raio. É a personalidade do Brasil que busca Amor e Sabedoria.

    CIRCUNFERÊNCIA: Símbolo do 1º Raio da Vontade e da Justiça (Senhor Melki-Tsedek).

    ESTRELAS: As 27 (Veja Abaixo)
    estrelas representam os Estados. A disposição delas representa o céu, a
    disposição astrológica da abóbada celeste, na hora da Proclamação da
    República (isto foi feito conscientemente).


    Assim, tem-se o 1º, 2º, 3º e 4º Raios atuando no País:

    1º Raio, expressando o Raio da Vontade e da Justiça atuando no país, através do Senhor Melki-Tsedek (Príncipe da Espada).

    2º Raio, expressando o Raio do Amor/Sabedoria atuando no país, através do Senhor Salo (Avatara Maitreya).

    3º Raio, expressando a Mente, a Excelsa Mãe Divina (Rainha Ignez).

    4º Raio, significando a harmonia resultante do trabalho do Príncipe da Espada e do Senhor Maitreya.

    Nota: As explicações são surpreendentemente convincentes e realmente fazem sentido, segundo os princípios da Nova Era
    (obviamente que a seita Nova Era em si não tivesse sido criada na época
    em que a bandeira do Brasil foi criada, mas suas práticas sim, dentro
    da Maçonaria).




    O NÚMERO 27:

    Texto escrito por um membro da Igreja de Lucifer sobre a Numerologia:

    Por Frederick Nagash, tradução de Lilith Shelly.

    "A
    COL ['Church of Lucifer' - traduzindo: Igreja de Lucifer] tem um
    sistema de numerologia único, incluindo nossa representação do número da
    besta. Os números têm sempre sido uma constante em todas as culturas,
    sendo que até mesmo os cristãos têm utilizado números em certas
    circunstâncias, tal como o número que eles usam para representar a
    besta, o seis triplo (666). Os números têm sido utilizados para tudo,
    como no Zodíaco para análise do dia do nascimento, e estão ainda sendo
    utilizados na sociedade de hoje. O número da besta foi 'mudado'
    numerosas vezes no passado e até mesmo a COL tem recentemente
    desenvolvido o número. O número da besta no Cristianismo tem sempre sido
    um seis triplo. Anton LaVey, o pai da 'Church of Satan', proclamou o
    número da besta como nove, pois nove é o número do ego; qualquer número
    que é multiplicado por nove faz com que o nove volte para si mesmo
    (exemplo: 9x2=18 = 18=1+8=9). A COL usa o três para representar o número
    da besta (exemplo 3x3=9); os primeiros dois três juntos para obter o
    seis, que é utilizado para representar o seis triplo (666).


    Outro
    número que é utilizado para representar o número da besta é dezoito:
    seis vezes três é dezoito (6x3=18), e 1+8=9. O mesmo se aplica ao número
    vinte e sete: nove vezes três é igual a vinte e sete (9x3=27), e 2+7=9.
    Aliester Crowley esteve grandemente envolvido com a numerologia e
    formulou um sistema muito intrincado. Em minha opinião ele foi o pai de
    numerologia, mesmo que nossas visões filosóficas sejam muito diferentes.
    A dificuldade da numerologia é que há milhares de sistemas."


    Nota: Segundo a apostila "Satanismo", de Daniel e Isabela Mastral, "Os adoradores do diabo usam muito a Numerologia Cabalística* – a mesma que lê os significados de cada nome e é conhecida como Numerologia Esotérica".
    Também note a importância dada ao número três (introduzida pelo
    paganismo entre os “cristãos” – Mat 7:21-23 – na forma de uma trindade).


    * A Cabala é a ciência mística desenvolvida dentro do judaísmo ortodoxo...

    Como você pode perceber, nenhuma suposta "alteração" no número da besta pelos satanistas foge do número 666. Tanto o 3 quanto o 9 e seus "derivados" são como que "formas diferentes" (ou até sutis!) de representar o número da besta, 666 (Veja Abaixo). Nesta numerologia satânica, o número 9
    é um dos mais utilizados e importantes. Na maioria das vezes que eles
    querem deixar uma "marca" (ou "assinatura") utilizam números variados,
    derivados ou divisíveis por 9 (9, 18, 27...).




    Tipo: Símbolo.

    Principalmente utilizado por: Bruxaria.

    Nome: Cruz da bruxaria


    É usado pelas bruxas em suas magias e bruxarias.



    Tipo: Símbolo.

    Principalmente utilizado por: Bruxaria; Satanismo.

    Nome: "Cruz de feiticeiro" ou "Cruz de São Cipriano"


    É usada pelos feiticeiros em suas magias e feitiçarias.

    É formada por dois pedaços de madeira de cedro em forma de cruz, com uma pinha em cima.



    Tipo: Símbolo.

    Principalmente utilizado por: Satanismo.

    Nome: Caveira


    símbolo da morte. Geralmente é usada com uma imagem de um pentagrama por traz.
    Existem caveiras de muitos outros tipos, e que inclusive podem ter outros significados.

    Nota
    sobre a "Figura 2": Aquele símbolo antigamente utilizado por piratas e
    também utilizado para indicar perigo, de uma caveira com dois ossos
    (tíbias) cruzados, simboliza, entre outras coisas, um demônio, ou uma
    personificação de satanás, conhecido como "Exu Caveira".



    Tipo: Símbolo / Ser.

    Principalmente utilizado por: Satanismo; Maçonaria.

    Nome: Ser com cabeça de bode (Baphomet)


    Esse
    símbolo foi criado por um dos maiores satanistas e maçons de todos os
    tempos, Eliphas Levi. Ao longo dos tempos, tem sido reconhecido como um
    dos mais malignos de todos os símbolos. Olhando atentamente para o
    Baphomet, você verá que a ênfase está no sexo, pois esse ser é andrógino
    - macho e fêmea ao mesmo tempo - observe que ele tem seios de mulher e
    um falo [um pênis] ereto. Na verdade, duas serpentes estão entrelaçadas
    em volta do falo ereto, que é estranhamente grande. Esse ser tem a
    cabeça do "Bode Chifrudo", outro título para satanás. No livro Masonic and Occult Symbols Illustrated,
    o Dr. Burns diz, "Em um livro sobre feitiçaria, The Complete Book of
    Withcraft and Demonology... a legenda diz que ele é 'o deus cornífero
    dos feiticeiros, o símbolo do sexo encarnado'" [pg 51]. Observe ainda
    que o Baphomet está fazendo o sinal da tríade do diabo com sua mão
    direita. "Baphomet é também conhecido como bode sabático, em cuja forma
    satanás deve ser adorado nos sabás dos feiticeiros."
    [Frank Gaynor, Dictionary of Mysticism, Nova York, Philosophical Library, 1953, pg 24]


    Em seguida, descobrimos que Baphomet é aprovado oficialmente como símbolo da Igreja de satanás [The Occult Emporium, Winter, 1993-1994, pg 54] e que a figura está no manto vestido pelo sacerdote de satanás [Ibidem, 1990-1991, pg 26].

    Hoje, é o símbolo máximo da NOM (Nova Ordem Mundial – Veja mais sobre a NOM no site Monte do Sinai)



    Tipo: Frase.

    Nome: Bad Luck

    Em português significa "Azar" ou "Má sorte". Muito utilizado em alguns produtos, principalmente roupas. Existe até uma marca de roupa com esse nome! E as pessoas utilizam essas roupas sem ao menos se preocuparem em saber o que significa!

    Não fazemos idéia do mal que esse tipo de frase pode ter sobre quem utiliza esses produtos...



    Tipo: Frase.

    Principalmente utilizado por: Nova Era.

    Nome: New Age

    Em
    português significa "Nova Era". Muito usado estampado em roupas e
    outros produtos (principalmente em roupas). Já vi também num conjunto de
    canetas Bic coloridas (daqueles pacotes promocionais com quatro, uma de
    cada cor). Usado de diversas formas para propagar o Movimento Nova Era.




    Tipo: Frase.

    Principalmente utilizado por: Nova Era.

    Nome: Cristo é Vida






    Você
    já deve ter visto essa frase em adesivos e outros acessórios (chaveiros
    por exemplo). Sim, esta frase é utilizada pelo movimento Nova Era.
    Porque?

    Porque é uma distorção, vulgarização e deturpação da frase "Cristo é A Vida".
    Percebe a diferença? (diferença de uma letra 'a' distorce e deturpa a frase).
    Vejamos:
    1) CORRETO (segundo a Bíblia): Cristo é A vida, a verdadeira vida, só Ele é a vida e só Ele dá a verdadeira e eterna vida. A Bíblia confirma em João 14.6: "Respondeu-lhe Jesus (Yaohushua): Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por Mim". Sim, um 'a' faz muita diferença, como faz!

    2) ERRADO (usado pela Nova Era):
    Cristo é vida, assim como natureza é vida, árvore é vida e água é vida.
    A Nova Era vulgariza Yaohushua colocando-o como um simples (mais um)
    elemento que é vida, deturpando o fato de que só Ele é a vida e só ele
    pode dar a vida (e vida eterna).


    Como já sabemos, uma das táticas do diabo é torcer (mudar delicadamente, o mínimo possível – como tentou fazer na tentação de Cristo)
    as verdades bíblicas a fim de cegar entendimentos e enganar até mesmo
    os salvos nascidos de novo em Cristo Yaohushua, que morreu na cruz por
    nós. Pois é justamente isso que ocorre com essa frase. O problema é que
    ele consegue mudar tão pouca coisa (uma letra por exemplo) e alterar completamente o sentido de uma frase. Fiquemos atentos quando formos comprar até produtos evangélicos (muitas vezes quem produz não sabe disso).


    Quer um exemplo bíblico?
    Pegue o da serpente quando tentou Eva, no Jardim do Éden, em Gênesis 3.1: "Ora,
    a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o Senhor
    DEUS tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que DEUS disse: Não comereis de toda árvore do jardim?"
    .

    Agora vejam o que DEUS realmente disse antes, em Gênesis 2.16: "Ordenou o Senhor DEUS ao homem, dizendo: De toda árvore do jardim podes comer livremente".
    Percebem como o inimigo cega através das mudanças no que DEUS diz? Isso é claríssimo; temos que ficar muito atentos! Você deve se perguntar se isso faz alguma diferença, sim faz!
    O diabo é mestre em enganar sutilmente e ele sabe como enganar sem que se perceba, pois uma distorção que não percebemos ou não damos importância, essa é a que mais cega e confunde.
    Obs.:
    Eu procurei e não consegui encontrar a frase "Cristo é vida" na Bíblia.
    Eu encontrei (como já citado acima, em João 14.6) Cristo é a vida ("Eu Jesus [Yahushua] sou o caminho, e a verdade e a vida (...)").



    Fonte: https://sites.google.com/site/ochamadodeus/simbolos-maliguinos
    avatar
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1362
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 55
    Localização : Catanduva São Paulo

    http://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Re: Os Símbolos dos Judeus Maçônicos!

    Mensagem por Fco Oliveira em Sex Mar 15, 2013 8:17 pm

    O curioso, é que, a Congregação Judaica Messiânica, Adonay Shamah, nos anos anteriores, a minha divulgação dos Símbolos no fórum, tinha o candelabro do Messias Solar da era de peixe, que é um candelabro com um peixe na haste, vejam:

    Carregado em 07/03/2011

    http://www.youtube.com/watch?v=WKykMjDgXJA

    E tem outros bem anteriores a este vídeo, onde se pode provar, que o Símbolo ostentado pela a CJM (Congregação Judaica Messiânica) era o candelabro com o peixinho na haste.

    Agora, depois da divulgação na web, eles tão gentilmente retiram da CJM todos os candelabros com o peixinho na haste e me cobram a exclusão da matéria, isto é o cúmulo, vejam neste vídeo aqui, postado 3 meses depois, pois o tópico foi postado em Agosto de 2.012:

    http://www.youtube.com/watch?v=UhAuQ9mZHSk

    E os vídeos atuais, em nenhum deles, aparece mais o Símbolo Maçônico do Messias Solar da era de peixe, que é o candelabro com o peixinho na haste, vejam:

    http://www.youtube.com/watch?v=-PFqpsnGMn4
    avatar
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1362
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 55
    Localização : Catanduva São Paulo

    http://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Re: Os Símbolos dos Judeus Maçônicos!

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Conteúdo patrocinado


    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

    - Tópicos similares

     
    Permissão deste fórum:
    Você não pode responder aos tópicos neste fórum