Gideões da CCB Livre de Religião.
Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Dezembro 2016
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Calendário Calendário

Estatísticas
Temos 1225 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de rosangela

Os nossos membros postaram um total de 1692 mensagens em 550 assuntos

O DEUS/ELOHIM DOS JUDEUS NO BANCO DOS REUS!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O DEUS/ELOHIM DOS JUDEUS NO BANCO DOS REUS!

Mensagem por Fco Oliveira em Sex Mar 04, 2011 5:30 pm



FORAM TRÊS JUIZES DOS JUDEUS, UM RABINO ESTUDIOSO DA TORAH E MUITOS OUTROS JUDEUS, NO JULGAMENTO DAS OBRAS DO ELOHIM DOS JUDEUS!



Um grupo de judeus presos em um campo de concentração discutem sobre o seu Deus/Elohim, e chegam à óbvia conclusão... PESSOAL! Esse vídeo é parte de uma produção da BBC americana, chamada God on Trial. Tem completo no youtube, mas sem legentas.

Os três juízos julgaram as obras e os outros darão o veredicto final sobre o carater do nosso Elohim, o adonay dos hebreus; de modo que, sempre haverá uma decisão, seja ela unânime, ou seja, em maioria de um. A acusação é de que Deus rompeu a sua Aliança com o seu povo que Ele escolheu como sua esposa, os judeus!

Perguntou um dos juízos: quem foi que nos tirou da terra do Egito? Respondeu um dos jurados:foi Deus que nos tirou do Egito! O juiz continuou: eu tenho outro pergunta: quem nos levou para o Egito? Porque fomos parar no Egito afinal de contas? Respondeu outro jurado: bem, houve uma fome e fomos buscar abrigo no Egito! O juiz indagou: e quem mandou a fome? Responderam: bem, nós não sabemos muito bem... O juiz afirmou: Deus mandou a fome!!

Então, concluiu o juiz: Deus nos mandou para o Egito, e Deus depois nos tirou do Egito e mais tarde nos mandou para o cativeiro na Babilônia, para nos destruir. Perguntou o segundo juiz: quando Deus nos tirou do Egito, como Ele fez? Usou palavras, visões ou milagres? Respondeu outro jurado: Mosheh pediu ao Faraó e quando o Faraó disse não, Deus enviou as pragas;

Primeiro Mosheh transformou as águas do Egito em sangue, depois a praga dos sapos, depois as pulgas, as moscas, depois uma peste atinge o gado dos egípcios, depois a praga dos furúnculos, depois uma saraiva de pedras que destruiram casas dos egípcios e todas as plantações;

Com exeção das casas dos judeus, com todas estas pragas, o Faraó ainda não aceitou libertar o povo, então Deus mandou a praga dos gafanhotos e os dias de escuridão e finalmente... O quê? Perguntou outro juiz. A morte dos primogênitos! Deus matou todos os primogênitos do Egito, foi assim que Deus nos tirou do Egito.

Entre os primogênitos, estava o Filho do Faraó que era o herdeiro do trono, até dos escravos, Deus matou a todos; perguntou outro juiz: Deus matou o Faraó? Responderam: Não, acho que não, porque depois... O terceiro juiz questionou: Como não? Foi o Faraó que disse não, que não queria librtar o povo... Como é que Deus deixou ele viver? Em vez de matar o culpado, Deus matou as criaças inocentes!

Respondeu o rabino: Só depois de Deus matar todas as crianças inocentes, é que o Faraó deixou o povo sair do Egito, levando joias, ouro e pratas dos egípcios; na perseguição que o Faraó intentou contra o povo, Deus afogou os guardas e deixou vivo o Faraó!

Questionu um dos juizes: o Deus que abriu o mar para o povo passar, não podia fechar o mar antes que os guardas entrassem no mar? Responderam: Sim, Ele podia, mais deixou os guardas entrar no mar, pois Ele queria matá-los a todos e deixar vivo o único culpado desta tragédia, que foi o Faraó.

Indagou outro juiz: e depois disto? Responderam: veio o deserto, para depois vir a terra prometida. Outro juiz perguntou: e a terra prometida estava vasia? Era um lugar novo e não cutivado? Responderam: Não, não era e foi citado Deut. 7;1 ao 4. Um dos jurados defendendo o seu Elohim, disse: Deus nos mostrou o seu favor, somos o seu povo, quando nos deu um Rei, Shaul!

Um dos juiz indagou: quanto ao povo de Ameleque? Eles lutaram contra o nosso Rei Shaul e foram destruidos! O que o Adonay ordenou a Shaul acaerca dos amalequitas? Perguntaram ao rabino que era estudioso da torah, que respondeu: esmagados, Ameleque é destruido por completo.

Outro juiz perguntou: o Rei Shaul podia mostrar piedade a alguém dos amalequitas? O rabino respondeu: Não, a ordem foi para não poupar nem velhos, nem mulheres grávidas, nem bebês de colo, era para destruir tudo, bois, ovelhas, jumentos e até criancinhas de peito.

O rabino continuou: o Rei Shaul partiu para cumprir a ordem divina, do massacre em massa, no caminho, o Rei encontrou os "queneus" que não eram do povo dos amalequitas; não tinham nada a ver com os amalequitas, o Rei Shaul exigiu que eles fugissem. Um dos juiz perguntou: e o Adonay ficou satisfeito com a justiça e a misericordia do Rei Shaul? Com a piedade do Rei Shaul? Responderam: Não, não ficou.

O rabino continuou: quando Shaul decidiu não matar todo o rebanho, poupar alguns animais para sustentar os soldados. Outro juiz indagou: o nosso Deus ficou satisfeito com essa ação prudente do Rei? Responderam: Não! Não ficou, antes acendeu a ira contra o Rei e lhe tirou o trono e disse: você regeitou a palavra do seu Adonay, portanto Eu regeitarei que sejas Rei sobre o meu povo.

Observou um dos juizes: então, o Rei buscando agradar o nosso Adonay, foi taxado como transgressor das palavras do nosso Deus. O rabino continuou: então Samuel trás o Rei Agague dos amalequitas à porta de Gilgal e o esquarteja na frente do Adonay e de todo o povo, a espada.

Depois do Rei Shaul, vêm o Rei David, que tomou Batseba a mulher de Urias o heteu, fazendo com ele force morto na frente de batalha contra a vontade de Deus; inquiriu outro juiz: Deus puniu a David por este crime? responderam: de certa forma sim... Indagou o mesmo juiz: Deus puniu Batseba? O rabino continuou citando a torah: Adonay disse: Já que você pecou contra mim, vou matar o teu filho.

Um dos juizes observou: foi perguntado uma vez: quem puniria uma criança recem nascida? Todos responderam aos gritos: nenhum ser humano faz isto!! Observou um dos juizes: mais o nosso Deus faz, Ele puniu o filho de David com Batseba! O juiz continuou: por acaso a criança morreu dirrepente, sem dor? O rabino respondeu: Não, foram sete dias de sofrimentos dolorosos até a morte! II Sam. 12;18.

O rabino continuou: enquanto David se vestiu de saco e cinzas, se arrependeu ao pó e à cinza com jenjum, suplicando o favor do Adonay. Um dos juiz perguntou: ele foi ouvido? Responderam: Não, infelismente não! A criança morreu mesmo. Um dos juizes perguntou: essa criança acharia que o nosso Deus é justo? As mães dos primogênitos do Egitos e os amalequitas aceitariam dizer que o Deus dos judeus é justo e piedoso? Responderam: jamais eles falariam uma coisa dessa.

Saiu um dos jurados aos gritos em favor do seu Elohim: Mais o Adonay é o nosso Deus! Os juizes responderam: Sim!!! Mais o nosso Deus não criou os egípcios? Ele não criou os seus rios e fez as suas plantações crescerem? Se não foi o nosso Adonay, quem foi? Foi um outro Deus? E porque Deus os criou? Para os massacrar, destruir, dizimar-los?

O povo de Ameleque e o povo do Egito não são filhos do nosso Deus? Não são obras de suas mãos? Como eram estes povos para o nosso Deus, quando o nosso Adonay se virou contra eles? Responderam: eles eram como nós aqui nesta cadeia, vestidos deste jeito, todos eles éram iguais a nós judeus aqui presos nesta masmorra.

Hoje, nós judeus fomos selecionados por estes Nazistas Alemãos, estamos iguais quando David derrotou os Moabitas, que os deitou numa fila enorme e contou um para viver e dois para morrer. Nós hoje, somos os moabitas da História, nós estamos aprendendo, como era para os amalequitas.

Eles enfrentaram a extinção, nas mãos do nosso Adonay, como nós estamos aqui só esperando o dia da nossa morte, os amalequitas morreram por vontade do nosso Deus, eles cairam, como nós estamos cainda também; eles estavam assustados, como nós estamos assustados também.

UM dos juizes questionou: o que os amalequitas, os moabitas e os egípcios aprenderam? Os jurados responderam: Eles aprenderam que o nosso Deus, [size=18]o nosso Adonay não é bom[/size], Ele não é bom. Ele nunca foi bom com ninguém, Ele apenas esteve do nosso lado, Deus nunca foi bom com os humanos.

Fonte: filme feito pela a BBC sobre os judeus condenados à morte, no período nazista.













Fco Oliveira
Admin

Mensagens : 1354
Reputação : -1
Data de inscrição : 13/07/2009
Idade : 54
Localização : Catanduva São Paulo

http://gideoes-ccb.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum