Gideões da CCB Livre de Religião.
Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Novembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930   

Calendário Calendário

Estatísticas
Temos 1270 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de FABIOSGAR

Os nossos membros postaram um total de 1751 mensagens em 572 assuntos
Anuncios

    Não há anúncios disponíveis.


    As Mentiras da Bíblia: a Verdade Oculta por Trás do Batismo por Imersão dos Cristão e Judeus Messianicos!

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

    As Mentiras da Bíblia: a Verdade Oculta por Trás do Batismo por Imersão dos Cristão e Judeus Messianicos!

    Mensagem por Fco Oliveira em Sex Abr 20, 2012 4:32 pm



    Os Cristãos e judeus Imersionistas Afirmam que a palavra batismo significa “imersão” e que
    o verbo batizar significa “imergir”. Logo, o batismo deve ser aplicado
    por imersão.


    Essa argumentação é tão infantil que dispensa
    qualquer uso do grego para mostrar que a palavra "batismo" tem muitos
    outros significados. Mas ridícula ainda é imaginar o sentido de alguns
    textos da bíblia se pensarmos na palavra batismo como sendo por
    imersão.

    Ora, irmãos, não quero que ignoreis que nossos pais
    estiveram todos debaixo da nuvem, e todos passaram pelo mar. E todos
    foram batizados em Moisés, na nuvem e no mar. I Cor. 10;1 e 2.



    Imagine agora substituir a palavra batismo por imergir. Faria algum
    sentido? Não. Por quê? Por que não faz sentido os israelitas terem sido
    imergidos na nuvem e nem no mar, pois passaram a pés enxutos. Êx
    14;15-22 e 29.

    1) Ora, como é possível um batismo na
    nuvem por imersão?
    Mesmo que seja uma afirmativa figurada, ainda assim a
    idéia fica meio sem lógica. O método da aspersão estaria mais adequada
    para o texto em questão, pois a nuvem esteve sempre acima do povo judeu
    durante o dia e a passagem do mar foi a pés enxutos.

    As águas do mar
    sempre estiveram dos lados e "não acima", formando uma grande parede enquanto o
    povo ia passando. Não tem o que discutir aqui: o povo não foram imergidos
    no mar durante a travessia!


    Os Cristãos e os Judeus imersionistas argumentam que o verbo batizar deriva do grego bapto e baptizo, que significam imergir.

    Vejam o que diz em Daniel 4;25 e serás molhado do orvalho do céu.

    Na Septuaginta, versão grega do Antigo Testamento, o verbo “molhado” é
    bapto. É possível imergir alguém no orvalho do céu? Claro que não! Logo,
    aqui bapto não significa, em hipótese alguma, imergir.

    O segundo texto é esse: Mas o fariseu admirou-se, vendo que não se lavara antes de jantar Luc. 11;38.

    2) No grego, “lavara” é o verbo baptzo! Os judeus se lavavam antes das
    refeições. Mas, como se lavavam? Marcos nos informa como eles se
    lavavam:

    Porque os fariseus, e todos os judeus, conservando a
    tradição dos antigos, não comem sem lavar as mãos muitas vezes; E,
    quando voltam do mercado, se não se lavarem, não comem. E muitas outras
    coisas há que receberam para observar, como lavar os copos, e os jarros,
    e os vasos de metal e as camas Mac. 7;3 e 4.

    Voltando à pergunta
    de Luc. 11;38: como os judeus se lavavam? Eles se lavavam derramando (aspergindo) água
    sobre as mãos! Neste caso, baptizo não deve significar imergir e sim
    aspergir. Há outros textos que podem significar imersão, mas em outros
    lugares, como em Lucas 11 e Marcos 7, significa aspersão.

    Logo, a
    palavra baptizo pode aceitar as duas situações, e não somente uma como
    querem os imersinistas.




    3) Os Cristãos e os Judeus imersionistas afirmam também que o
    fato de João Batista batizar no rio Jordão significa que
    ele batizava por imersão.


    Nada a ver. A expressão “João
    batizava no rio Jordão” apenas identifica a região onde
    João batizava. Não tem nada a ver com a forma ou o método usado por
    João. É apenas um lugar onde João batizava: “E retirou-se outra vez para
    além do Jordão, para o lugar onde João tinha primeiramente batizado; e
    ali ficou” Jo. 10;40. É só um lugar de identificação, só isso!

    Agora, querer usar o texto para “provar” o método imersionista do
    batismo de João é como ter a espada Justiceira de Lyon-O,
    de ThunderCats, “uma visão além do alcance”!

    4) Argumentam
    também que, se João Batista batizava em Enom,
    “porque ali
    havia muitas águas”, isto prova que ele batizava por imersão. Não, nada a ver!


    Só porque João registra em 3;23 que “batizava também em
    Enom, junto a Salim, porque havia ali muitas águas; e vinham ali, e eram
    batizados”, não quer dizer que se praticava a imersão.

    Enom, em árabe é
    Ain, e significa fonte. W. F. Albright identifica Enom com a atual
    aldeia de Ainûm, perto de Wâdi Far‘ah, onde existem várias nascentes.
    Havia naquela região muitas fontes de água o suficiente para uma grande
    quantidade de pessoas.

    Mas uma vez não temos nada sobre a prática
    imersionista!
    Mais uma vez temos apenas a identificação de um lugar, a
    não ser que você tenha a espada Justiceira!

    5) Os imersionistas
    afirmam que Yeshua/Yahushua/Jesus foi batizado por imersão porque o registro
    bíblico afirma que, após ser batizado, Yeshua/Jesus saiu da água.



    Pura infantilidade! Se pegarmos um relato de alguém saindo da água, não
    significa que ele tenha sido submergido. Pode acontecer de uma pessoa
    sair da água, quando apenas ela molhou os pés. A experiência de quem tem
    filhos pequenos demonstra que ao dizer: “óh meu filho, saia da água!”

    Pode apenas estar se referindo a uma poça de água e não que a criança
    esteja se megulhando nela! Gente, vamos tirar a espada da ilusão, olhar com os
    olhos e entender com a razão! Parem com essa paranoia de religião, que isto pode e que aquilo não pode, tudo isto é invencionismo puro dos homens!




    6) No batismo do Eunuco, ele e Filipe desceram à água. Por isso os imersionistas afirmam que o eunuco foi batizado por imersão.

    Estamos diante da mesma situação do ponto 5 que fala de Yeshua/Yahushua/Jesus ter
    saído da água após ser batizado. Nada é dito qual forma Filipe batizou o
    Eunuco. Apenas disseram que eles foram até a água!

    Os imersionistas tem
    uma dificuldade enorme de entenderem que mesmo dentro de água, é
    possível batizar por aspersão! É só não encurvar o corpo para trás! Mas o
    texto não diz como foi. O texto se limita a dizer apenas que houve um
    batismo, que por sinal, é mais importante para nossa fé do que
    investigar a forma usada por Filipe!


    7) Paulo compara o batismo a um sepultamento; logo, concluem os imersionistas, o batismo deve ser feito por imersão.

    Quando Paulo afirmou que fomos sepultados com o Messias na morte pelo
    batismo Rom. 6;4; Col. 2;12, ele estava se referindo ao significado do
    batismo, e não ao modo de ministra-lo.

    Há outros exemplos de Paulo se
    referir o batismo utilizando outros significados, e nem por isso iremos
    entender que seja a forma. Por exemplo, Paulo afirma que somos
    circuncidados Col. 2;11 e crucificados Rom. 6;6 com o Messias.

    Ninguém,
    em seu juízo perfeito, irá concluir que o batismo deve ter a forma de
    uma circuncisão ou de uma crucificação (embora em algumas culturas existem aqueles que se crucificam e se torturam com golpes em sua carne).

    A Verdade Oculta por trás destes versículos nos provam que Paulo está tratando da nossa identificação com o Messias na sua morte (se houvesse Verdade na bíblia), e não da forma de se ministrar o batismo.

    Viram, como tudo que o cristianismo e o judaísmo fazem, está errado? Não existe Verdade na Religião cristã ou judaica, tudo que vem desta bíblia, vem da fonte do pai da mentira, invenção humana e não divina; batismo, santa ceia, formas de cultos, tudo isto é formalismo pagão. Deus seja louvado!
    avatar
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1364
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 55
    Localização : Catanduva São Paulo

    http://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

    - Tópicos similares

     
    Permissão deste fórum:
    Você não pode responder aos tópicos neste fórum