Gideões da CCB Livre de Religião.
Gideões da CCB Livre de Religião.
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Outubro 2020
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Calendário Calendário

Estatísticas
Temos 1312 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de KELI

Os nossos membros postaram um total de 1846 mensagens em 594 assuntos
Anuncios

    Não há anúncios disponíveis.


    Teólogo diz que Jesus foi uma Ficção Criada por Aristocratas Romanos

    Ir em baixo

    Teólogo diz que Jesus foi uma Ficção Criada por Aristocratas Romanos Empty Teólogo diz que Jesus foi uma Ficção Criada por Aristocratas Romanos

    Mensagem por Fco Oliveira em Qui Maio 09, 2019 8:51 pm

    Teólogo diz que Jesus foi uma Ficção Criada por Aristocratas Romanos Fb5f90a7af8960711ee5e59978062faf
    'Cidadãos alertas precisam saber a verdade sobre nosso passado', diz pesquisador

    Teólogo Joseph Atwill diz que Jesus foi uma ficção criada por aristocratas romanos!


    No próximo dia 19 de outubro, Joseph Atwill, um teólogo americano especializado na Bíblia, deve chocar os participantes de um simpósio em Londres chamado Covert Messiah, dedicado a compreender com mais detalhes como teria sido a vida de Cristo. Lá, Atwill deve apresentar a teoria de que o Novo Testamento - consequentemente, a história de Jesus Cristo - foi um mito criado pelos romanos no séc. I.

    De acordo com Atwill, ele reuniu evidências conclusivas de que essa parte da Bíblia foi escrita por aristocrata romanos e que, embora isso certamente vá deixar cristãos insatisfeitos, trata-se de questão de tempo até que sua teoria seja aceita.

    "Eu apresento meu trabalho com alguma ambivalência, porque não quero atingir diretamente nenhum Cristão. Mas isso é importante pra nossa cultura.

    Cidadãos alertas precisam saber a verdade sobre nosso passado para que possamos entender como e porque governos criam falsas histórias e falsos deuses.

    Isso é feito, frequentemente, para obter uma ordem social que vai contra os interesses do povo comum", disse ele no release oficial que enviou à imprensa.

    Mas... Como?


    Segundo Atwill, a criação da história de Jesus teria sido uma estratégia política dos romanos para pacificar as investidas violentas dos judeus que viviam na Palestina naquela época.

    Os romanos esgotaram suas tentativas de conter a rebelião usando armas e teriam criado o mito de um líder judeu pacifista para inspirar o hábito de "dar a outra face" e encorajar os judeus a ceder a Cesar e pagar impostos a Roma.
    Jesus não teria nem sequer sido baseado em uma figura histórica específica.

    Ao contrário, seria uma construção - uma colcha de retalhos - feita a partir de outras histórias. "Eu comecei a notar uma sequência de paralelos entre os dois textos [o Novo Testamento e o manuscrito "A Guerra Judaica", escrito por Flávio Josefo no séc. I]", declara Atwill sobre sua descoberta mais intrigante, "e embora estudiosos cristãos tenham reconhecido por séculos que as profecias de Jesus parecem estar cheias das coisas que Josefo escreveu em seu manuscrito, eu enxerguei outras dúzias", disse.

    Atwill não acha que sua descoberta é o início do fim do Cristianismo, mas pode ajudar aqueles que tenham sido oprimidos pela religião de alguma forma. "Até hoje, por exemplo, [o Cristianismo] é usado nos EUA para criar apoio à guerra no Oriente Médio", exemplificou.

    Fonte:  http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,ERT343900-17770,00.html


    Última edição por Fco Oliveira em Ter Jul 07, 2020 11:25 am, editado 1 vez(es)
    Fco Oliveira
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1400
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 58
    Localização : Catanduva São Paulo

    https://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Teólogo diz que Jesus foi uma Ficção Criada por Aristocratas Romanos Empty Re: Teólogo diz que Jesus foi uma Ficção Criada por Aristocratas Romanos

    Mensagem por Jurista Anticcb em Sab Maio 11, 2019 5:55 pm

    Teólogo diz que Jesus foi uma Ficção Criada por Aristocratas Romanos Bar%20Kochba%20-%20HISTORIA%20DO%20MUNDO  

    Simão Bar Kochba foi o verdadeiro Messias esperado pela população judaica? Não! Por que? Nenhum dos 16 supostos Messias que se auto proclamaram o salvador do mundo, cumpriram as profecias judaicas!


    Simão Bar Kochba, O Messias Guerreiro dos Hebreus!

    Na passagem para a Era Cristã (33 a 135 d.c), o Império Romano viveu seu apogeu com inúmeras conquistas militares que fizeram desta civilização a maior potência político-econômica da Antiguidade.
    Chegando ao século I d.C. Roma tinha alcançado o domínio sobre a região da Palestina, lugar onde enfrentaram a complicada resistência da civilização judaica. Foi nesse contexto que diversas profecias sobre salvadores do povo judeu ganharam grande força.
    A promessa de um Messias era alvo de uma grande contenda religiosa, pois o povo judeu divergia sobre a natureza desse salvador. O vindouro líder conduziria os judeus a um tempo glorioso pela força das armas ou com um discurso de renovação de princípios morais e religiosos?
    É nesse contexto que compreendemos porque a figura de Jesus Cristo causava opiniões divergentes entre a população judaica. Entretanto, outros Messias também surgiram com o intuito de promover um levante militar contra Roma.

    O mais famoso dos Messias guerreiro foi um zelote chamado Bar Kochba. Os zelotes compunham um grupo religioso militar que defendia a sublevação enquanto meio capaz de dar fim à dominação romana.
    Entre outras crenças, os zelotes eram estritamente fiéis às tradicionais leis judaicas e não aceitavam nenhum tipo de influência cultural estrangeira. Paralelamente, acreditavam que Roma impedia que o prometido Reino de Deus viesse a ser estabelecido.

    Entre os primeiro e segundo século (vejam as datas Yeshua 33 d.c e Simão Bar Kochba 115 d.c), algumas revoltas já demonstravam claramente a presença dessa tendência política anti romana.
    No governo do imperador Adriano, os conflitos entre judeus e romanos pareciam ganhar uma trégua quando essa autoridade romana permitiu que os judeus voltassem para Jerusalém e reconstruissem o Templo Sagrado.
    No entanto, Adriano era favorável ao processo de helenização dos povos dominados e, por isso, criou escolas de grego na cidade de Jerusalém.

    No ano de 127, deixando a situação ainda mais hostil, o imperador romano baixou um decreto proibindo a prática da circuncisão. Tal medida enfureceu a população judaica, pois esse antigo ritual consagrava a reafirmação identitária e religiosa para o povo judeu.
    Foi a partir de então que os zelotes começaram a arquitetar secretamente um plano para retomar o controle de Jerusalém. Entre tantos participantes, estava Simon Bar Kosiva, um destacado estrategista do grupo zelote.
    Sua ação militar era bastante ousada e levava em conta a notória superioridade bélica dos soldados romanos. Por isso, o até então desconhecido Bar Kosiva preparava seus comandados em pequenas ações organizadas com o objetivo de conquistar gradualmente as posições controladas pelos romanos.

    Aclamado como líder militar e Messias, Bar Kosiva decidiu mudar seu segundo nome para Kochba, termo que significa “filho de uma estrela”.

    Por volta de 134, o grupo de Kochba conseguiu tomar o controle sobre a sagrada cidade de Jerusalém. Após a conquista, Bar Kochba tornou-se chefe político de um Estado Teocrático essencialmente preocupado em formar um exército judeu capaz de expulsar os romanos para todo o sempre.

    No entanto, a reação romana contou de uma ardilosa ação militar que construiu estradas com o objetivo de conquistar regiões importantes no abastecimento da cidade de Jerusalém.

    Contando com o sucesso da tática adotada, os romanos conseguiram encurralar os judeus na cidade de Jerusalém e promover os primeiros confrontos naquele mesmo ano. Percebendo a inevitável derrota, Kochba e seus homens decidiram fugir para a cidade de Betar.

    Entretanto, em agosto de 135, o bem preparado Exército Romano reconquistou Jerusalém e prendeu o corajoso Messias guerreiro. Julgado, Kochba foi condenado à decapitação.

    Depois do cumprimento da sentença, a cabeça do líder revoltoso foi apresentada ao imperador romano e uma nova política de controle recaiu sob a população judaica. A população de várias aldeias foi perseguida e assassinada pelas autoridades romanas.

    Além disso, mais de cinco mil fortificações encontradas na região da Judeia foram imediatamente derrubadas e os judeus foram declaradamente banidos das possessões do Império Romano.

    Alvo de um interminável debate, os aficionados pela história do povo judeu não sabem dizer ao certo o que significou a ação liderada por Bar Kochba. Seria ele um fervoroso líder imbuído de uma grande fé?

    Ou um aventureiro ambicioso que não levou em conta a opulência de seus poderosos inimigos? Sem uma resposta definitiva, Kochba ganhou destaque especial na trajetória da civilização judaica.

    Diante destes dois fatos históricos, "Yeshua e Bar Kochbar", se ver claramente que o tão esperado Mashiach/Messias pregado pelo o povo Hebreus nunca veio! Para a população que acreditavam que o tal Messias iria resolver o problema do mundo pela a paz, no Yeshua/Jesus não deu certo.

    Aos que acreditavam que seria pela a espada, no Bar Kachbar também não deu certo, o que se sabe agora com a revelação da verdade foi que, estes dois sujeito inspirou uma ideia que deu certo, o Imperador Romano usou o martírio de um deles para apaziguar o mundo.

    Que foi a criação do falso Cristo "Jesus Cristo", as provas se encontram no livro que os escritores romanos inventaram, se ver claramente, nos escritos do NT, as duas ideias: Jesus o salvador do mundo pregando a paz (livro de João) e Jesus pregando a espada (livro de Lucas).
    Jurista Anticcb
    Jurista Anticcb

    Mensagens : 79
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 05/04/2015
    Localização : Catanduva SP

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Voltar ao Topo


     
    Permissão deste fórum:
    Você não pode responder aos tópicos neste fórum