Gideões da CCB Livre de Religião.
Gideões da CCB Livre de Religião.
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Outubro 2020
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Calendário Calendário

Estatísticas
Temos 1312 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de KELI

Os nossos membros postaram um total de 1846 mensagens em 594 assuntos
Anuncios

    Não há anúncios disponíveis.


    O Primeiro Nome da CCB- foi "Assembleia Cristã Reunidos Em Nome do Senhor Jesus".

    Ir em baixo

    O Primeiro Nome da CCB- foi "Assembleia Cristã Reunidos Em Nome do Senhor Jesus". Empty O Primeiro Nome da CCB- foi "Assembleia Cristã Reunidos Em Nome do Senhor Jesus".

    Mensagem por Fco Oliveira em Qui Fev 20, 2014 8:02 am

    O Primeiro Nome da CCB- foi "Assembleia Cristã Reunidos Em Nome do Senhor Jesus". 14

    Quem conhece a história da CCB, sabe que o seu primeiro Nome não era CCB- Congregação Cristã do ou no Brasil e sim: "Assembleia Cristã Reunidos Em Nome do Senhor Jesus".

    Alguns dias depois, um grupo de crentes que havia saído de outra denominação (por discordância doutrinária), passou para a nova igreja ”. (A outra denominação aqui mencionada é a "Assembleia Cristã Reunidos Em Nome do Senhor Jesus", vindo a ser a atual  CCB )


    REUNIDOS EM NOME DO SENHOR JESUS 

    A Congregação Cristã foi fundada por Luigi Francescon e pelos protestantes que confiaram nele. Luigi passou pela experiência do novo nascimento, em 1891, 1 ano após ter sido evangelizado por Michelle Nardi, iniciador da Primeira Igreja Presbiteriana Italiana de Chicago.

    Em 1894, enquanto orava e lia a Bíblia, Luigi Francescon entendeu Cl 2:12 como um aviso de que estava deixando de cumprir o mandamento do Batismo por Imersão. Porém, ninguém na igreja foi a favor dos argumentos que ele apresentou. A Igreja Presbiteriana Italiana praticava o batismo por aspersão.

    No início do século XX, Giuseppe Beretta, novo na igreja, aceitou os argumentos de Luigi Francescon e foi à Igreja Batista Church of the Brethren ser batizado. Depois o ancião Luigi Francescon pediu que Beretta o batizasse numa segunda-feira.

    Um dia antes, o pastor principal da igreja, Filipo Grilli, estava na Itália e deixou a pregação por conta de Luigi Francescon, que falou sobre o batismo para os membros daquela Presbiteriana. No dia marcado, 18 pessoas foram batizadas no Lake-front de Chicago, inclusive Luigi Francescon, por Giuseppe Beretta.

    Quando o Pastor Filipo, responsável pela igreja, chegou da viagem, Luigi pediu permissão para dirigir algumas palavras para a igreja antes do sermão.

    Concedido o espaço, ele perguntou a igreja se sua atitude tinha sido errada e após todos testificarem que nada tinham contra ele, Luigi mais uma vez falou sobre o batismo por imersão e apresentou sua demissão como ancião, secretário e membro da Primeira Igreja Presbiteriana Italiana de Chicago.

    Neste instante, as pessoas que aceitaram a pregação e foram batizados por Giuseppe Beretta acharam por bem abandonar a Igreja junto com Luigi Francescon.

    Então, as reuniões passaram a ser nas casas de alguns membros, garagens e salões.

    No ano seguinte, esse ministério foi dividido em duas lideranças, por causa de diferenças doutrinárias acerca do dia de culto, se teria que ser aos sábados ou domingos.

    O Primeiro Nome da CCB- foi "Assembleia Cristã Reunidos Em Nome do Senhor Jesus". LOGOS%2B1

    Um Pastor chamado William Durhan buscava incessantemente uma manifestação do Espírito Santo em sua igreja, na West North Avenue. Quando ficou sabendo sobre o fenômeno que ocorria na igreja do Pastor Seymour, em 1907, foi até a Califórnia conhecer o ministério. Durante o culto do Pastor Seymour, enquanto orava, Durhan começou a falar uma língua estrangeira que nunca tinha aprendido.

    Então, levou a doutrina pentecostal para sua igreja, impactando Luigi Francescon. Este, por sua vez, levou os protestantes que estavam sob sua liderança a se juntarem ao Pastor Durhan.

    Durante as reuniões, outros membros começaram também a falar línguas que nunca tinham aprendido, como sueco e chinês.

    Posteriormente, o ministério que havia se separado do de Luigi Francescon, por causa do dia de culto, chamou-o para ver o fenômeno pentecostal que ocorreu de repente em sua igreja também. Após o acontecido, os dois grupos sentiram necessidade de se unirem novamente, fundando a Assembleia Cristã Reunidos em Nome do Senhor Jesus.

    A doutrina Pentecostal se distinguia da doutrina Holliness, da qual se originou, por considerar a santificação um processo contínuo e não algo que acontece instantaneamente com a conversão.

    É importante ressaltar que a doutrina pentecostal não anula a doutrina protestante tradicional, mas a complementa. E esta doutrina também não foi inventada pelo Pastor Seymour.

    Essas manifestações já haviam ocorrido logo após a morte de Jesus, passou algum tempo adormecida na antiga doutrina católica e só voltou a se manifestar no século XX, em várias igrejas quase que simultaneamente, abrindo as portas para que a religião protestante fosse levada a diferentes países.

    Portanto, a doutrina pentecostal nunca significou o início de uma nova religião como alguns, leigos, insistem em afirmar. Após algumas manifestações como essa, os anciãos da igreja começaram a sentir necessidade de levar suas crenças para outros países. 

    Os anciãos Luigi Francescon e Giacomo Lombardi chegaram ao Brasil cerca de um ano antes que os suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren, fundadores das Assembleias de Deus. A Assembleia Cristã começou a levar a doutrina pentecostal para o Sul e Sudeste do Brasil, onde existiam colônias italianas, e a Assembleia de Deus levou-a para o Norte e Nordeste do país.

    Em 1920, Luigi Francescon, líder da Assembleia Cristã, e Gunnar Vingren, líder da Assembleia de Deus, propuseram um encontro entre os líderes das duas denominações para uma possível união. Porém, os outros líderes das duas denominações não consentiram a união por causa de algumas diferenças doutrinárias entre ambos. 

    Em 1936, na I Convenção das Congregações Cristãs Brasileiras, foi adotado o nome de Congregação Cristã do Brasil, abandonando o antigo nome de Assembleia Cristã do Brasil.

    Ficou estabelecido um vínculo administrativo e ministerial entre todas as Congregações Cristãs Brasileiras e determinado que deveriam ser respeitados todos os Pontos de Doutrina anunciados às Congregações Cristãs do mundo na Convenção de Niágara Falls, NY. 

    Em 1947, o líder das Congregações Brasileiras, Luiz Pedroso, faleceu. Segundo relatos de diversos anciãos brasileiros, a partir da morte dele começaram a surgir pequenas mudanças no meio das Congregações Cristãs. Começou o exclusivismo e o isolamento das Igrejas Brasileiras.

    O afastamento das Congregações Americanas, Canadenses, Panamenhas, Argentinas e Italianas mostrava-se inevitável. Segundo relatos de membros antigos no ministério das Igrejas brasileiras.Luigi Francescon, muito procurado em razão de seu imenso conhecimento bíblico e defensor firme da Doutrina Pentecostal, faleceu em 1964, aos 98 anos. 

    Nesta época, as Congregações Cristãs Brasileiras romperam com as demais Congregações dos outros países e com todas as denominações evangélicas do Brasil. Muitos anciãos e cooperadores da igreja manifestaram-se contrários a política adotada pelo ministério central, mas não tiveram seus apelos ouvidos. As mulheres começam a ter seus ministérios cassados. 

    Ao entrarmos no presente século vemos as Igrejas Pentecostais (oriundas do movimento ítalo-americano) crescendo em número e qualidade. As Igrejas da Itália, Estados Unidos, Panamá, Canadá, etc. estão bem administradas e contam com um ministério bem estruturado e preparado de acordo com a Bíblia. 

    No entanto as Igrejas brasileiras, embora tenham crescido numericamente, deixaram na história do evangelismo brasileiro o registro de uma denominação sectarista.O comportamento da liderança central da Congregação Cristã hoje é diferente do comportamento de seu fundador.

    Porém, ainda existem alguns líderes de igrejas pertencentes à Congregação Cristã que estão fazendo o possível para reformar a Congregação Cristã, livrando-a dos sectaristas ali presentes em união com as demais denominações interessadas.

    Fonte: Este era o verdadeiro Nome original da CCB.

    http://oulorivallanforumeir.forumotion.com/t1627-a-assembleia-crista-reunidos-em-nome-do-senhor-jesus-vindo-a-ser-a-atual-ccb?highlight=assembleia+Cristina


    Fco Oliveira
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1400
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 58
    Localização : Catanduva São Paulo

    https://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Voltar ao Topo


     
    Permissão deste fórum:
    Você não pode responder aos tópicos neste fórum