Gideões da CCB Livre de Religião.
Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Agosto 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

Estatísticas
Temos 1257 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de sendovisto

Os nossos membros postaram um total de 1743 mensagens em 566 assuntos
Anuncios

    Não há anúncios disponíveis.


    O LEGALISMO DAS DENOMINAÇÕES DE HOJE, PRINCIPALMENTE DA CCB!

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

    O LEGALISMO DAS DENOMINAÇÕES DE HOJE, PRINCIPALMENTE DA CCB!

    Mensagem por Fco Oliveira em Sab Out 17, 2009 5:07 pm



    O LEGALISMO DE HOJE, PRINCIPALMENTE O DA CCB, TEM CAUSADO MUITAS DECEPÇÕES AOS EVANGELICOS QUE FORAM LIBERTADOS DA ESCRAVIDÃO DA LEI MOSAICA! A PIOR ESCRAVIDÃO É A ESCRAVIVIDÃO RELIGIOSA, POIS ALÉM DELA MATAR A ESPERANÇA DA ALMA, ELA IMPEDE AS ALMAS DE ENTRAREM NO REINO DE YAHUH NOSSO DEUS. YAHUSHUA HA-MASHIACH NÃO VEIO CRIAR UMA RELIGIÃO, ELE VEIO SALVAR A HUMANIDADE!

    Legalismo (legal + -ismo) substanivo masculino de:
    1. Respeito à legalidade. 2. Império da lei. Em outras palavras: respeito à legalidade do império da lei, no caso dos evangelicos, a lei de Moisés.

    Além de termos em mãos, a carta apostólica Atos 15;23 ao 31, temos mais as cartas de Shaul Ha-shaliach (apóstulo Paulo), que narram a libertação dos Messianicos dos grilhões da lei mosaica, mais mesmo assim, muitos ministros de Yahuh nosso Deus, hoje, estão colocando sobre a igreja de Yahushua, fardos que Ele morreu para nos libertar.

    Gálatas 2.1 Depois, passados catorze anos, subi outra vez a Yahushalaim (Jerusalém) com Barnabé, levando também comigo Tito.
    Gál. 2.2 E subi por uma revelação e lhes expus o evangelho que prego entre os gentios e particularmente aos que estavam em estima, para que de maneira alguma não corresse ou não tivesse corrido em vão.

    Gál. 2.3 Mas nem ainda Tito, que estava comigo, sendo grego, foi constrangido a circuncidar-se. Aqui está a prova da nossa liberdade Messianica ou Protestante dos dogmas judaisante!
    Gál. 2.4 E isso por causa dos falsos irmãos que se tinham entremetido e secretamente entraram a espiar a nossa liberdade que temos em Yahushua Ha-Mashiach, para nos porem outra vez em servidão;

    Gal. 2.5 aos quais, nem ainda por uma hora, cedemos com sujeição, para que a verdade do evangelho de Yahushua Ha-Mashiach permanecesse entre vós.
    Gal. 2.16 Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Yahushua Ha-Mashiach, temos também crido em Yahushua Ha-Mashiach, para sermos justificados pela fé em Yahushua e não pelas obras da lei, porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada.

    1) Se o ministério destas denominações cristãs, como o Brás quer manter o povo escravo à escravidão da legalidade da lei de Mosheh (Moisés), como o uso e custume, este mesmo ministério também deve cumprir toda a lei, pois está escrito:

    Gal. 3.10 Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque escrito está: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.
    Gal. 3.11 E é evidente que, pela lei, ninguém será justificado diante de Yahuh nosso Deus, porque o justo viverá da fé.

    Exemplo: se o Brás e a cúpula do ministério quer que as mulheres não cortem os cabelos, não use brincos/joias, não se modele mediante o mundo atual, cumprindo assim a legalidade da lei dada a Mosheh em Deut. 22;5 Não haverá trajo de homem na mulher, e não vestirá o homem veste de mulher; porque qualquer que faz isto abominação é a Yahuh teu Deus.

    2) Este mesmo ministério está obrigado a cumprir toda a lei Mosaica! Entre os estatuto da lei Mosaica é permitido por Deus a poligamia, o homem ter mais de duas mulheres, pois a mesma lei que proibia as mulheres o uso e custume, permitia a poligamia:

    Deut. 21.15 Quando um homem tiver duas mulheres, uma a quem ama e outra a quem aborrece, e a amada e a aborrecida lhe derem filhos, e o filho primogênito for da aborrecida,
    Deut. 21.16 será que, no dia em que fizer herdar a seus filhos o que tiver, não poderá dar a primogenitura ao filho da amada, adiante do filho da aborrecida, que é o primogênito.

    3) A denominação que aderir à guardo dos dez mandamentos da Lei de Mosheh, que é a torah, este mesmo ancião, pastor ou ministério está obrigado a matar os seus filhos rebeldes e contumás:

    Deut. 21.18 Quando alguém tiver um filho contumaz e rebelde, que não obedecer à voz de seu pai e à voz de sua mãe, e, castigando-o eles, lhes não der ouvidos, Deut. 21.19 então, seu pai e sua mãe pegarão nele, e o levarão aos anciãos da sua cidade e à porta do seu lugar,
    Deut. 21.20 e dirão aos anciãos da cidade: Este nosso filho é rebelde e contumaz, não dá ouvidos à nossa voz, é um comilão e beberrão.
    Deut. 21.21 Então, todos os homens da sua cidade o apedrejarão com pedras, até que morra; e tirarás o mal do meio de ti, para que todo o Yashorul (Israel) o ouça e tema.

    4) O legalismo das denominações de hoje, é um cancer no meio do evangelho de nosso Salvador Yahushua Ha-Mashiach, porque estas denominações estão usando a Lei do Reino de Yahuh nosso Deus ou a Lei de Yahushua, como um remendo para reformar a torah, sendo que o Cordeiro de Yahuh nosso Deus morreu justamente para nos libertar da escravidão da lei mosaica.



    5) A denominação que aderir a guarda do Shabat, está obrigado pela a lei de Yahuh nosso Deus a circuncidar todos os seus filhos primogênitos ou serão taxados por decreto de Yahuh dos Exércitos: transgressores de suas leis;

    Lev. 12.1 Falou mais o Eterno Deus Yahuh a Mosheh, dizendo:
    Lev. 12.2 Fala aos filhos de Yashorul, dizendo: Se uma mulher conceber e tiver um varão, será imunda sete dias; assim como nos dias da separação da sua enfermidade, será imunda.
    Lev. 12.3 E, no dia oitavo, se circuncidará ao menino a carne do seu prepúcio. Lev. 12.4 Depois, ficará ela trinta e três dias no sangue da sua purificação; nenhuma coisa santa tocará e não virá ao santuário até que se cumpram os dias da sua purificação.
    Lev. 12.5 Mas, se tiver uma fêmea, será imunda duas semanas, como na sua separação; depois, ficará sessenta e seis dias no sangue da sua purificação.

    6) A denominação que aderir à restrição alimentar, também os seus varões não podem cortar os cabelos arredondando os cantos da cabeça e nem danificar os cantos da barba:
    Lev. 19.27 Não cortareis o cabelo, arredondando os cantos da vossa cabeça, nem danificarás a ponta da tua barba.

    7) O ancião ou o pastor que proibir as mulheres trajar vestidos da moda de hoje e de usar joias, também têm que proibir as suas esposas de usar vestidos novos e eles de cortar a barba, as suas esposas terão que vestir vestidos velhos e rotos e eles andarem barbudos:
    Lev. 21.5 Não farão calva na sua cabeça e não raparão os cantos da sua barba, nem darão golpes na sua carne.

    Cool O ancião e o pastor que quizer obrigar a igreja a cumprir o legalismo da lei mosaica, usando o novo Testamento como respaldo, ele está infringindo a Lei do Reino de Yahuh nosso Deus, que é a Lei de Yahushua: muitos anciãos e pastores estão usando as cartas de Kefas (Pedro) como respaldo para estas maselas, mais vamos ver o que disse Kefas;

    I Ped. 3.1 Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas ao vosso próprio marido, para que também, se algum não obedece à palavra, pelo procedimento de sua mulher seja ganho sem palavra,
    I Ped. 3.2 considerando a vossa vida casta, em temor.

    I Ped. 3.3 O enfeite das mulheres não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura de vestes, vemos aqui que não foi proibido o uso de joias e nem o corte de cabelo, mais foi falado do homem interior, as qualidade da alma da pessoa e não os usos e custumes!
    I Ped. 3.4 mas o homem encoberto no coração, no incorruptível trajo de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Yahuh nosso Deus.

    Em outras palavras/traduções:
    I Ped. 3;3 Não procure ficar bonita usando enfeites, penteados exagerados, jóias ou vestidos caros.
    I Ped. 3.4 Pelo contrário, a beleza de você deve estar no coração, pois ela não se perde; ela é a beleza de um espírito calmo e delicado, que tem muito valor para Yahuh teu Deus.

    I Ped. 3.5 Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Yahuh nosso Deus e estavam sujeitas ao seu próprio marido, aqui foi citado um exemplo das mulheres do passado que usavam todo o tipo de adornos exteriores, como joias, pendentes nos narizes e vestidos velhos e rotos etc, a única coisa que foi mencionado, foi a submissão delas aos seus maridos! Exemplo:
    I Ped. 3.6 como Sara obedecia a Abraão, chamando-lhe senhor ou meu marido, da qual vós sois filhas, fazendo o bem e não temendo nenhum espanto.

    9) Não foi nem preciso usar a conjectura apologética, unicamente usei a semântica da lingua portuguêsa, para desqualificar as ações dos machões do cristianismo, principalmente da CCB e de algumas denominações legalistas, que estão escravisando as servas de Yahuh nosso Deus com mandamentos arquivados, entendemos irmãos da CCB? Yahuh nosso Deus seja louvado.


    Última edição por Admin em Seg Maio 23, 2011 1:10 am, editado 2 vez(es)
    avatar
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1360
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 55
    Localização : Catanduva São Paulo

    http://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Re: O LEGALISMO DAS DENOMINAÇÕES DE HOJE, PRINCIPALMENTE DA CCB!

    Mensagem por Fco Oliveira em Qua Jan 20, 2010 2:16 pm

    Nobres irmãos a paz esteja convosco, uma das explicações mais lógica sobre estas supostas contradições e para por fim ao legalismo farisaico, são as leis queYahuh nosso Deus criou para cada época e povo seu na terra, vamos dividir a bíblia, lacrando os livros e arquivando-os em arquivos mortos, assim temos:

    ESTAS SÃO AS LEIS QUE YAHUH NOSSO DEUS DEU AOS HOMENS NA TERRA:

    1) a primeira lei de Yahuh nosso Deus na terra foi: não comer do fruto proibido à recompensa: encher a terra de filhos. Que durou de Adão até Mosheh, aproximadamente 2.250 anos. De Genesis 1;1 até Exodo 3;2, passe uma fita simbólica neste conjunto de páginas e nunca mais se deve abrir este aqrquivo para pregar ao mundo; pois, esta lei do Eterno Deus Yahuh está arquivada.

    2) os dez mandamentos a base e os 603 mandamentos o estatuto da lei mosaica que é a torah: prêmio ir morar em Yashorul na Palestina, que é a terra que manava leite e mel, que é a doutrina humanista. Que duro de Mosheh até o batismo do Salvador Yahushua Ha-Mashiach, aproximadamente 4.032 anos (essa data é da doutrina humanista). Passe a fita adsiva simbólica, nos livros de Exodo 3;2 até Isaias 1;1; feche estes livros e arquive-os novamente, nunca, jamais podemos abrir estes livros sem a presença das duas tábuas de pedras e onde elas estão? Arquivadas lá no Céu, bem longe das mãos dos homens, para que ninguém mais possa usá-la.

    Ficou os livros dos profetas, grandes e pequenos, quando Yahushua Ha-Mashiach nasceu, se cumpriram os livros das profecias de Yahuh nosso Deus, como Ele mesmo disse: que a lei e os profetas duraram até Yachanan o batizador (João batista), ponto final; passe novamente a fita adsiva nos livros proféticos e arquive-os.

    Mais tem profecias para o tempo do fim? Sim, têm, as mesmas estão repetidas no livro do Apocalípse, de todo este conjunto de livros proféticos, as que ainda não se cumpriram, foram repetidas pelo o Ruach Ha-Kodesh de Yahuh (o Espírito Santo de Yahuh nosso Deus) aos apóstolos ou no livro do apocalípse.

    3) os dez mandamentos da Lei Real do Reino de Yahuh nosso Deus, tendo como estatuto o AMOR: que é a doutrina espiritualista que começou no ano 4.032 e vai até a volta do Salvador Yahushua Ha-Mashiach com o novo planeta que vai ser firmado aqui na terra, que é o prêmio dos santos do Eterno Deus Yahuh, que viveram sem a lei da escravidão.

    Que são os que servem ao Deus Yahuh do judaismo em novidade de vida, sem os nocivos efeitos da lei moral e seus estatutos as leis cerimoniais e toda a sorte de doutrina do cristianismo pagão do Vaticano, como a trindade, a morado no Céu, a santa ceia canibalista, o ósculo santo, o Domingo pagão, o Cristo Redentor etc.

    Estas possiveis contradições e legalismo, desaparecem frante aos três concertos, mantendo a imutabilidade do Deus Criador e de seu Filho amado inabalada; basta que os nobres irmãos conciderem cada lei e seus estatutos, não misturando-os para não desprestigiar o poder e a imutabilidade do nosso Deus Yahuh.

    A nova aliança não veio para reformar a torah e nem a torah é base de sustentação para a nova aliança; ambas tem seu próprio sange, um diferente do outro, portanto não se pode misturar, entendemos irmãos? Yahuh seja louvado.
    avatar
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1360
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 55
    Localização : Catanduva São Paulo

    http://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

    - Tópicos similares

     
    Permissão deste fórum:
    Você não pode responder aos tópicos neste fórum