Madre Teresa de Calcutá vai virar santa, mas ela nunca foi santa; na vida real, ela era um monstro cruel e impiedosa com os enfermos.