Gideões da CCB Livre de Religião.
Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Dezembro 2016
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Calendário Calendário

Estatísticas
Temos 1226 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Marcos T

Os nossos membros postaram um total de 1695 mensagens em 551 assuntos

Ninrode o Elohim/Deus dos Hebreus, Cristãos e Muçulmanos!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ninrode o Elohim/Deus dos Hebreus, Cristãos e Muçulmanos!

Mensagem por Fco Oliveira em Dom Ago 04, 2013 2:08 pm



Este é o Elohim YHWH Deus dos Hebreus, Cristãos e Muçulmanos hoje adorado por todos no Planeta Terra! Tudo por causa da bíblia que o elegeu o Deus Criador do Céu e da terra e na Verdade ele é somente um defunto que foi eleito pela a louca da sua mãe o Deus Sol Invicto.

A Torre de Babel, segundo a narrativa bíblica no Gênesis, foi uma torre construída por um povo com o objetivo que o cume chegasse ao céu, para tornarem o nome do homem célebre.

Yavé Yahveh, o deus hebraico, então, desce "para ver a cidade e a torre, que os filhos dos homens edificavam" e vendo o que faziam, o Rei Nimrod utilizando a técnica numérica dos Zigurate, construiu uma enorme Torre sobre um vértice de energia telúrica.

Eis aqui o que se pretendia: “atacar a Morada dos Demônios Imortais”, ou seja, Chang Shambala.

Este propósito,que pode parecer hoje produto de uma desenfreada fantasia, é sem dúvida perfeitamente possível e a prova disso está no êxito obtido por Nimrod quando
sua Elite de guerreiros arqueiros executou e derrubou a vários dos “Demônios Imortais”.

No plano de guerra de Nimrod constava, então, de três passos: 1º) abrir a porta para o plano de Chang Shambala; 2º) chegar ao famoso Umbral da iniciação sinárquica; 3º) atacar, atacar, atacar...

Os guerreiros de Nimrod portariam o Signo hiperbóreo de HK, a Runa de Fogo, que nenhum “Demônio Imortal” pode enfrentar. E muito menos os Duzentos Hiperbóreos Traidores. Esse Signo representa para eles a verdade, a recordação da Origem Divina abandonada.

E, como a Górgona, não lhes é possível olhar sem padecer grave risco.
Quando a Torre estava pronta se dispôs, na torre menor do topo, uma coluna metálica de ferro, cobre, prata e ouro arrematada com uma gigantesca esmeralda.

Tal pedra havia sido entregue aos
Cassitas pelo Deus Kus, quando os comprometeu na luta com o Demiurgo Enlil, Yehová Satanás, cuja morada estava na Babilônia.



E segundo contavam os Iniciados entre sussurros, a Pedra Sagrada havia sido trazida de Vênus pelos Deuses que acompanhavam a Kus quando chegaram à Terra, antes do homem existir.

Milhares de
Embaixadores foi chegando a Borsippa para apreciar a Torre de Nimrod e render homenagens a Ishtar, a Deusa Vênus, e a Kus, seu Deus racial, esposo de Ishtar. Num Meio Dia , o momento preciso em que Shamash se encontra no alto.

A voz grave de um
dos cinquenta Hierofantes se dirige à bela Iniciada, falando com frases curtas, pronunciadas com a cadência de uma oração ritual. Uma negra abertura era agora claramente visível para todos os que presenciavam o estranho fenômeno.

E o mais curioso e anormal era que o tenebroso buraco ocultava totalmente o Sol, Nem bem se abriu o Céu duas figuras correram velozmente à última rampa, a que conduzia ao terraço da torre e, já ali, tencionaram os arcos apontando para o Umbral.

Eram Nimrod e Ninurta, o Rei e o bravo General, os únicos
guerreiros que possuíam a couraça de metal e que, por isso, avançavam primeiro, protegidos pela Elite de
arqueiros.

O Rei e o General apontavam seus arcos para as trevas da abertura tratando de distinguir um branco quando, subitamente, duas figuras emergiram brandindo suas espadas.

Os Demônios, com aspecto de “homem da raça branca”, de cinco cotovelos de altura, pareciam flutuar no ar, mas de alguma maneira obtinham ponto de apoio, pois conseguiam descarregar suas espadas sobre os heróicos arqueiros.

Uma chuva de flechas se abateu então sobre os “Demônios Imortais” e, ainda que muitas delas rebatessem em suas couraças, outras tantas penetravam crivando-os.

Caíram os gigantes malferidos junto ao Rei Nimrod que rapidamente os decapitou, hasteando suas enormes cabeças ante a efervescente
multidão.



Enquanto o Rei Nimrod fazia isto e depois arrojava para a multidão o sangrento troféu, o General Ninurta, acompanhado por parte da Elite guerreira, começou a trepar pela árvore Enlil que unia o Céu com a Terra.

Pela primeira vez em milhares de anos um grupo de Guerreiros Sábios se prestava a tomar de assalto a Chang Shambala!

Enquanto no Céu ocorriam os sucessos que acabo de narrar, abaixo, junto ao Zigurate, o resto do povo vivia curiosas experiências.

Quando Nimrod jogou a cabeça dos Demônios o alarido foi grande e pouco tempo depois pendiam empaladas em lanças. Estas cabeças eram bastante maiores que as de um
homem normal, ainda que não chegassem a dobrá-la em volume.

Os cabelos loiros e compridos emolduravam um rosto quadrado, de olhos grandes e negros, e enorme nariz pontudo. A boca era de
lábios carnudos, detalhe que se percebia perfeitamente, pois os Demônios careciam de barba.

- Guerreiros, ao ataque! Nimrod vence!
É que estavam no coração de Chang Shambala, muito perto do Palácio do rei do Mundo.

O conjuro dos Iniciados cainitas havia sido tão efetivo, apoiado, sempre, pelo Mistério do Sangue Puro, que a
Serpente de Fogo lhes havia rendido as Sete Muralhas.

O túnel da iniciação sinárquica as atravessa, para que os discípulos do Demiurgo pudessem chegar até os Mestres da Sabedoria. Mas convém que haja alguns esclarecimentos.

Apesar de tudo que se via fazer aos Iniciados cainitas e a Nimrod, não se trata
de magia da chave para chegar a Chang Shambala, senão de Estratégia.

De nada valeria que alguém
pudesse “abrir a porta” se seu Espírito se encontra dogmatizado ou é vítima de qualquer das táticas psicológicas que emprega a fraternidade Branca para conseguir a Sinarquia Universal.

Por isso a verdadeira façanha de Nimrod foi atravessar o túnele os três Templos com as armas em mãos, o que fala e falará para sempre, do Sangue Mais Puro da Terra. Porque esses lugares são as
câmaras de engano mais poderosas que existem no mundo.

Nimrod, o Derrotado, morto em Chang Shambala, junto a ele, com uma expressão de horror indizível no rosto crispado, estava o cadáver do nefilim Kokabiel, que era Mestre dos feiticeiros e magos.

OBS: Nimrod regressou à Origem!

Vejam que tudo isto são Estória que o povo contavam, que foi passando de geração em geração até ser escrita e divulgada como verdade absoluta; assim também aconteceu com todos os livros da bíblia, são todos imaginações e invenções humanas.

Fco Oliveira
Admin

Mensagens : 1354
Reputação : -1
Data de inscrição : 13/07/2009
Idade : 54
Localização : Catanduva São Paulo

http://gideoes-ccb.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum