Gideões da CCB Livre de Religião.
Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Novembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930   

Calendário Calendário

Estatísticas
Temos 1270 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de FABIOSGAR

Os nossos membros postaram um total de 1751 mensagens em 572 assuntos
Anuncios

    Não há anúncios disponíveis.


    As Mentiras da Bíblia: Qual a Função do Messias o Cristo?!

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

    As Mentiras da Bíblia: Qual a Função do Messias o Cristo?!

    Mensagem por Fco Oliveira em Qua Ago 03, 2011 5:36 pm


    A FUNÇÃO DO VERDADEIRO MASHIACH SERÁ RESTAURAR O MUNDO, DEVOLVER O MUNDO AO ESTADO NATURAL DO JARDIM DO ÉDEN E O YESHUA/JESUS CRISTO NÃO FEZ NADA DISTO! ENTÃO O MESSIAS AINDA NÃO VEIO!! O MESSIAS QUE EXISTE HOJE NO MUNDO É UM MESSIAS SOLAR DA ERA DE PEIXE- UM MESSIAS ASTROLÓGICO!

    Existem sinais descritos pelos profetas com a finalidade que reconheçamos o Messias judaico e disto não podemos abrir mão, por que nesta esperança viveram os nossos antepassados e vivem também os judeus atuais.

    Segundo as profecias, o Messias (ungido) não é um ser sobre humano vindo do céu. Será um homem semelhante a Moisés (Deuteronômio 18) e descendente da tribo de Judá (Números 24:17-19). Será uma pessoa que realizará a redenção espiritual, material e política do povo de Israel, ensinando a torá (lei), porque é através dela que o homem se aproxima do Eterno.

    A redenção política do povo de Israel acontecerá com a vinda do Mashiach. Que será a reunião dos judeus dispersos, retornando a terra dada por herança a Abraão e sua semente (Gênesis 13:14-18). Quando entrar a era messiânica Jerusalém será restaurada à sua glória espiritual, material e política.

    O processo da purificação que está profetizado iniciará em uma era de perfeição moral de toda a humanidade e trará a coexistência harmoniosa de todos os povos, livres de guerra, medo, ódio e intolerância (Isaias 52:1; 2:11; Miquéias 5:4; I Samuel 9:16; II Samuel 3:18; Salmos 72:1-12;
    Zacarias 14:11).


    Este homem destinado por Deus, não virá para morrer pelos pecados dos homens, para que o sangue dele salve. O sangue humano é ineficaz para salvar alguém! No templo está proibida a oferta de sacrifício de animais impuros e do sacrificio de humanos. É somente na religião pagã que aparece a oferta do sangue humano aos deuses.

    No mitraísmo é que surgiu a expressão: “O sangue de Mitra tem poder”. De onde surgiu a mesma expressão: "o Sangue de Jesus tem poder" Os adeptos derramavam sobre si o sangue do animal sacrificado.


    A capacidade espiritual será latente e visível no Mashiach judaico, quando Ele vier, em destruir os inimigos que aborrecerem Israel (Isaias 11:4; Miquéias 5:4; Zacarias
    9:10). E Yeshua/Jesus Cristo não fez nada disto, então Ele não é o Mashiach prometido por Deus ao mundo!


    Ainda devemos observar que o Messias, será um grande líder e sábio da torá (lei), que ensinará o caminho do Eterno e o seu reino será de uma a outra extremidade da terra: “E ele permanecerá e apascentará o povo na força do Soberano Criador, na excelência do nome Yahuh seu Deus; e eles permanecerão porque agora ele será grande até os confins da terra”
    Miquéias 5:4.


    O desfecho final será a vinda do Messias, e o cumprimento da profecia do reino de David: “O Eterno Deus Yahuh jurou a Davi com verdade e não desviará dela: do fruto das tuas entranhas porei sobre o trono” (Salmos 132:11).

    Devemos lembrar que restaurar não é destruir. O Messias cristão não cumpriu as profecias, até mesmo porque o reino dele não era deste mundo como ele disse, e o Messias judaico vem para restaurar a terra com a força e poder do Eterno.

    Ao contrario de Jesus/Yeshua que veio para trazer espada e dissensão entre os homens. Se realmente ele disse isso ou não disse, prova que não é o mesmo que os profetas falaram.

    Fonte: http://sefarad-vix.webnode.pt/o-messias-ja-veio-ou-vira/

    Com algumas modificações do Gideão da CCB.


    Última edição por Gideão da CCB Livre em Seg Jul 02, 2012 9:45 am, editado 1 vez(es)
    avatar
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1364
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 55
    Localização : Catanduva São Paulo

    http://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Re: As Mentiras da Bíblia: Qual a Função do Messias o Cristo?!

    Mensagem por Fco Oliveira em Ter Ago 09, 2011 2:11 am

    Por que seleccionou o Eterno, o primeiro rei humano de
    Israel da tribo de Benjamim e apresentou a ele a esperança de um reinado
    permanecer para sempre na sua casa, quando uma profecia anterior
    mencionara Judá como sendo a tribo da qual viriam reis? Porque as palavras deste Deus da bíblia é tudo mentiras!


    Léia foi a primeira a se casar com Jacó e a dar-lhe filhos, mas isto se
    deu apenas por Jacó ter sido enganado. Ele amava a Raquel e a havia
    pedido, e por isso a primogenitura caberia à descendência de Raquel,
    embora os filhos de Léia fossem mais velhos. (Gên. 29:18-28) Sara era a
    esposa amada de Abraão, e o direito da primogenitura cabia ao seu filho
    Isaque, embora Ismael, filho de Abraão por Agar fosse mais velho.

    O
    mesmo se dava com José, filho de Raquel. No entanto, José não se tornou
    chefe de tribo em Israel, mas sim seus filhos Manassés e Efraim.
    Manassés era o mais velho, mas a orientação divina fez com que a bênção
    melhor fosse dada a Efraim.

    O Eterno disse a respeito dele: “Efraim, ele é
    meu primogénito.” (Gên. 48:8-20; Jer. 31:9) Todavia, a tribo de Efraim
    posteriormente eliminou a si mesma desta posição favorecida por causa de
    diversas faltas, e o salmista fala sobre a ação de Deus: “Passou a
    rejeitar a tenda de José; e não escolheu a tribo de Efraim. Mas escolheu
    a tribo de Judá.” — Sal. 78:9, 67, 68.

    Com a eliminação de José,
    por causa da falta de Efraim, o outro filho de Raquel precisava receber
    uma oportunidade. Esta veio com a unção de Saul como rei, pois Saul era
    benjamita. Em 1 Samuel 13:13 (Almeida) fala-se da possibilidade de o
    reino de Saul ser estabelecido para sempre; mas temos de nos lembrar que
    a palavra hebraica traduzida aqui “para sempre” é ohlahm.

    Conforme esta palavra
    hebraica significa um período de tempo oculto ou indefinido, não
    necessariamente durando para sempre. É verdade que Deus sabia de
    antemão que o reino não permaneceria na casa de Benjamim; mas foi a
    presunção e o proceder sem fé do próprio Saul que o fez perder o reinado
    para a sua família e sua tribo.

    O mero uso da presciência por parte de Deus não forçou a Saul a agir de modo repreensível. Saul agiu por conta
    própria de modo contrário às ordens expressas de Deus, sendo
    plenamente responsável por estas violações em face do conhecimento de
    seus pecados.

    Uma vez que a descendência favorecida de Raquel
    teve a sua oportunidade, os filhos mais velhos de Léia seriam os
    próximos a receber a bênção do reinado. Rubem, Simeão e Levi se
    encontravam na frente de Judá. Todos os três foram eliminados pelas
    ocorrências mencionadas por Jacó por ocasião de ele abençoar os seus
    filhos. (Gên. 49:3-7)

    Além disso, os levitas agiram mais tarde com
    fidelidade digna de nota e foram recompensados por receberem as bênçãos
    do sacerdócio. Isto impediu que alguém deles se tornasse rei. De modo
    que o próximo era Judá, e a profecia em Génesis 49:8-12 mostra que ele
    conseguiria o reinado e seria antepassado humano do Rei que reinará para
    sempre, que não é e jamais poderar ser Cristo Jesus ou Yeshua Ha-Mashiach.

    Naturalmente, em tudo isso Deus não era obrigado
    a se harmonizar com a prática geral relativa ao primogénito e aos
    privilégios da primogenitura; mas era pra ter compromisso com a sua palavra e não têm! Nenhuma profecia deste Deus da bíblia se cumprem.

    Ao escolher a quem quisesse, desde o
    início, sem eliminar os que seriam os primeiros segundo o procedimento das suas profecias, este Deus errou e feio! Os
    humanos sempre horaram as suas promessas e o Deus da bíblia simplesmente as ignoram. Se a profecia vinda de Deus, era pra casa de Benjamim, jamais poderia passar pra Judá; tudo isto são mais uma das mentiras da bíblia do judaismo e cristianismo.

    Fonte: http://verdades.forumeiros.com/t387-por-que-seleccionou-jeova-o-primeiro-rei-humano-de-israel-da-tribo-de-benjamim-e-apresentou-a-ele-a-esperanca-de-o-reinado-permanecer-para-sempre-na-sua-casa-quando-uma-profecia-anterior-mencionara-juda-como-sendo-a-tribo-da-qual-viriam-reis

    Com algumas modificações do Gideão da CCB.
    avatar
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1364
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 55
    Localização : Catanduva São Paulo

    http://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

    - Tópicos similares

     
    Permissão deste fórum:
    Você não pode responder aos tópicos neste fórum