Gideões da CCB Livre de Religião.
Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Outubro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Calendário Calendário

Estatísticas
Temos 1265 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Isaías Oliveira

Os nossos membros postaram um total de 1749 mensagens em 570 assuntos
Anuncios

    Não há anúncios disponíveis.


    Auto-Biografia de Louis Francescon:

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

    Auto-Biografia de Louis Francescon:

    Mensagem por Fco Oliveira em Ter Mar 29, 2011 1:45 am



    ESTA É A AUTO-BIOGRAFIA DO FUNDADOR DA CCB (CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL);

    Nasceu em 29 de março de 1866, na comarca de Cavasso Nuovo, na provincia de Udine, região norte da Itália que faz fronteira com Iogoslávia, França, Suiça e Austria. Radicado em Chicago, foi membro da Igreja Presbiteriana Italiana e aderiu ao pentecostalismo em 1907.

    Em janeiro de 1910 esteve em Buenos Aires onde fundou a primeira denominação pentecostal da América Latina, a Assembléia Cristã na Argentina, e de março a setembro do mesmo ano esteve no Brasil, onde fundou as primeiras igrejas pentecostais brasileiras em Santo Antonio da Platina (Paraná) e São Paulo, entre imigrantes italianos, germem da futura denominação Congregação Cristã no Brasil. Veio 11 vezes ao Brasil até 1948.

    Em 1940, o movimento tinha 305 “casas de oração” e dez anos mais tarde 815. Faleceu em Oak Park, Illinois, em 07 de setembro de 1964. Proveniente de família pobre, era filho de Pietro e Maria Lorsa Francescon, não chegou a concluir o segundo ano da escola elementar.

    Aos 15 anos foi para a Hungria, ganhou a vida até os 20 anos com a arte de criar mosáicos, um oficio bastante valorizado na época.

    Serviu ao exército durante aproximadamente trê anos. Aportou na América na cidade de Chicago no dia 3 de março de 1890, onde foi recebido pelo seu irmão Osvaldo com qual havia estado pela ultima vez na Hungria.

    Neste mesmo ano foi evengelizado por Michele Nardi, ligado a Alleanza Cristiana e Missionária, aceitou a Cristo como seu salvador em 1891 e em 1892 junto dos irmãos de fé valdense e fundaram a Primeira Igreja Presbiteriana Italiana, onde Francescon exerceu o ministério de diácono.

    Na Igreja Presbiteriana Italiana conheceu Rosina Balzano com quem se casou no ano de 1895, teve seis filhos.
    No ano de 1901, Francescon passa a desempenhar o ministério de ancião da Primeira Igreja Presbiteriana Italiana, suas memórias citam uma experiência pessoal, em princípios de 1894 quando estava em Cincinnati, Ohio, por motivo de trabalho.

    Estando ajoelhado em seu quarto, orando e lendo a Bíblia, ao chegar em Colossenses 2.12, que trata do batismo por imersão, Francescon ouviu uma voz que lhe disse duas vezes: ”Tu não obedeceste a este meu mandamento”; ao que teria respondido: ”Senhor, jamais alguém me falou neste assunto”.

    Sua carreira de fé mudou após esse acontecimento. A partir desta experiência Francescon passa a questionara a prática do batismo por aspersão.

    Nove anos após a revelação do batismo por imersão, em 06 de setembro de 1903, por motivo de viagem do pastor Filippo Grilli, Francescon como ancião presidia a reunião e teve a oportunidade de falar com a igreja sobre tal batismo.

    Nesta reunião Louis fez o convite a igreja para assistir ao seu batismo por imersão, realizado em 07 setembro de 1903, no Lake-front de Chicago, onde compareceram ao todo 25 membros da Igreja Presbiteriana Italiana, dos quais 18 entre eles Francescon, foram batizados por Giuseppe Beretta.

    Quando o pastor Filippo Grilli retornou, Francescon pediu para dirigir algumas palavras a igreja antes do sermão. Tendo permissão questionou a igreja sobre sua conduta durante a ausência do pastor, como nínguém testificou nada contra ele; novamente falou do batismo por imersão e em seguida apresentou sua demissão do cargo de ancião. Àqueles que foram batizados por Giuseppe Beretta acompanharam Francescon.

    Assim iniciou-se naquele momento uma pequena comunidade evangélica livre, denominada Assembléia Cristã de Chicago, que realizava suas reuniões em residências. Em julho de 1907, sua esposa recebeu a promessa do Espírito Santo, o que ele próprio também recebeu dias após, em 25 de agosto, na Missão de Fé Apostólica localizada na W. North Ave, 943.

    Essa igreja era conduzida por William Durham, pastor batista entusiasmado com a mensagem pentecostal. A igreja do grupo de Beretta, reunida na West Grand Avenue, em Chicago aceitou a doutrina do Batismo no Espírito Santo proposta por Francescon em Setembro de 1907, voltando ele a ocupar o ofício de ancião naquela igreja.

    Em janeiro de 1908, batizou nas águas cerca de 70 desses novos irmãos, alguns dos quais milagrosamente foram libertos de doenças crônicas e incuráveis, entre os quais um por nome Giácomo Lombardi.
    Em março do ano seguinte, Francescon e Lombardi, ambos casados e com seis filhos, abandonaram seus empregos e integraram-se à causa da fé.

    Em 4 de setembro, embarcaram de Chicago para Buenos Aires chegando na Argentina, em janeiro de 1910, fundaram a primeira denominação pentecostal da América Latina à Assembléia Cristã na Argentina.

    Da Argentina, seguiram até São Paulo, em 8 de março de 1910, onde permaneceram até 18 de abril, quando Lombardi retornou para Buenos Aires e Francescon seguiu para Santo Antônio da Platina, no Paraná, onde chegou dois dias depois. Durante sua estadia, 11 pessoas creram no Evangelho, foram batizadas em águas e no Espírito Santo.

    Por contrariar poderes religiosos estabelecidos na região, Francescon foi jurado de morte e regressou para São Paulo, em 20 de junho.

    Chegando naquela cidade, cerca de 20 pessoas (na maioria presbiterianos, batistas e metodistas, além de alguns poucos católicos romanos creram na pregação de Francescon, alguns dos quais foram curados de enfermidades e outros selados com o dom do Espírito Santo.

    Estas foram as primícias da Congregação Cristã no Brasil.



    Refrerências bibliográficas / Saiba mais

    HISTÓRICO DA OBRA DE DEUS.''' FRANCESCON, Louis. Tradução: Congregação Cristã no Brasil (ano 1942).

    O PROTESTANTISMO BRASILEIRO NO PERÍODO REPUBLICANO. MATOS, Alderí Souza. Disponível em: http://www.mackenzie.br/7071.html

    AS ORINGENS NORTE AMERICANAS DO PENTECOSTALISMO BRASILEIRO. CAMPOS, Leonildo Silveira. disponível em: http://www.usp.br/revistausp/67/campos.pdf

    POR TRÁS DO VÉU O LIVRO - REVELANDO OS BASTIDORES DA PRIMEIRA IGREJA PENTECOSTAL BRASILEIRA. FERREIRA, Marcelo. Editora Betesda, 2007. São Paulo(2ª Edição).

    O FUNDADOR DA CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL Disponível em: http://www.jornallivre.com.br/64676/o-fundador-da-congregacao-crista-no-brasil.html

    TUDO SOBRE LOUIS FRANCESCON. Disponível em: http://brasiliavirtual.info/tudo-sobre/louis-francescon

    O DESENVOLVIMENTO DO PENTECOSTALISMO NO BRASIL E O REGIONALISMO. CAMPOS Jr., Luis de Castro e SILVA, Janaína. Disponível em: http://www.fafija.br/anpuh/textos/089.pdf

    PENTECOSTALI: UN MOVIMENTO DI RISVEGLIO. FICARA, Giusepe. Disponível em: http://www.migranti.torino.it/Documenti%20%20PDF/PENTECOSTALI.pdf

    STORIA PENTECOSTALE. Disponível em: http://www.pordenonevangelica.org/index.asp?f=9&Storia-Pentecostale


    Última edição por Admin em Dom Fev 19, 2012 9:32 am, editado 1 vez(es)
    avatar
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1363
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 55
    Localização : Catanduva São Paulo

    http://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Re: Auto-Biografia de Louis Francescon:

    Mensagem por Fco Oliveira em Qua Mar 30, 2011 1:08 am

    Chicago, 04 de Janeiro de 1.939.

    Abaixo, transcrevo fielmente, a carta manuscrita, do Servo de DEUS Ancião Louis Francescon.

    Louis Francescon ao amado Irmão na fé, em Jesus Cristo Salvador nosso, A paz de DEUS vos seja sempre aumentada até o dia da volta do nosso redentor. Com muito agradecimento ao Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, recebi semana passada vossa carta de 12 de dezembro, relatando as boas novas da obra de nosso Senhor em São Paulo, e de como nosso salvador vos enviou a levar o bom testemunho da graça de Deus, em Taubaté, Pidamonhongaba.

    Onde abriu pelo sobrinho do Irmão Paschoal, da Villa prudente, o meio de manifestar o que é de agrado ao Deus todo poderoso, que quer obediência a sua eterna Palavra, aos que querem fugir de seu Juízo naquele dia, que todos têm que comparecer perante ele, para receber os bons frutos;

    Pelos que creram nele e no seu amado filho, os quais o seguiram em obediência a todo seu evangelho, e o mal a todos que recusaram o seu formador, que chama a todos sem distinção de pessoas, e também serão reprovados os que o receberam mas não perseverarão até o fim desta vida.

    Na verdade da Palavra de Deus, aceitando os desejos da carne, e não querendo levar com eles o vitupério de Cristo Jesus, por pouco tempo, não realizando, que naquele dia eles terão de levar o eterno vitupério.
    Junto ao sofrimento sem alguma esperança de serem libertos daquele eterno mal que escolheram, para não sofrer um pouco de tempo neste mundo contaminado pelos seus habitantes.

    Foi meu coração muito consolado, ao ouvir o resultado da reunião dos anciães da Vila Prudente, e como foi resolvido o caso que vós me escrevestes, que passa com o Irmãos Ismael da Lapa, Aqui diz neste caso que o Irmão Luiz Pedroso, é agradecido de DEUS.

    Porque se nós saímos pela nossa incredulidade fora da palavra de Deus, e procurar de justificar a nossa pouca fé com meios humanos, Deus, vem impedido de operar, pois não só isto logo entrará contenda um com os outros, porque cada Palavra de Deus é para cercar seus filhos, para impedir o mal que está sempre perto;

    Se o cerco não é mantido da forma que Deus plantou para proteção de seus santos, a antiga serpente morde logo, e suas mordidas são mortais, Isto que acontece aqui, é o que vai acontecer, aos que não permanecer firmes em todo conselho de Nosso Deus.

    Vemos destruição que o inimigo vem fazendo no meio do povo do nosso Senhor, e este mal não veio pelo irmãos simples, mas por meio dos condutores, que nas provas eles mesmo não ficarão confiando, nas promessas do nosso fiel Deus, não digo só por Doenças, mas em outras provas que estamos expostos nesta vida para provar a nossa fé por elas.

    Assim agradeço ao Senhor que não permitiu que vós saísseis muro eterno, a benignidade de nosso Deus foi que não permitiu que alguma pedra fosse removida do vosso muro, assim o inimigo não acha buraco para entrar no meio de vós, embora ele venha andando em derredor bramando como leão, mas o muro está bem cercado.

    Não com Cal, mas com o Espírito Santo, cada pedra ligada uma com a outra impermeabilizados com mandamento do Deus todo poderoso. Aleluia. Eu fiquei fora, pela morte de um querido irmão ancião, por duas semanas, hoje recebi uma carta deles, mencionando que Deus selou 8 com a bendita promessa, glória glória a Jesus.

    Oreis sempre por mim, para que eu cumpra meu curso na gloriosa vocação que o Deus piedoso me chamou em Cristo Jesus, porque tenho lutas sobre lutas, com os que precisava que eles me fossem conforto pelo fiel testemunho em que fomos chamados a dar testemunho no meio desta geração, sem mais ao presente, termino saudando vossa família, e a querida irmandade do Jd. Pinheiro, Paulista, e toda irmandade, recebei saudações de minha família e desta irmandade de Chicago.

    A Graça do Senhor Jesus seja convosco e conosco. Amém.

    Vosso Irmão em Cristo.

    Louis Francescon.
    avatar
    Fco Oliveira
    Admin

    Mensagens : 1363
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 13/07/2009
    Idade : 55
    Localização : Catanduva São Paulo

    http://gideoes-ccb.forumeiros.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

    - Tópicos similares

     
    Permissão deste fórum:
    Você não pode responder aos tópicos neste fórum