Gideões da CCB Livre de Religião.
Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Dezembro 2016
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Calendário Calendário

Estatísticas
Temos 1225 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de rosangela

Os nossos membros postaram um total de 1692 mensagens em 550 assuntos

O Deus do Judaísmo é Cego, Surdo, Mudo e Aleijado!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Deus do Judaísmo é Cego, Surdo, Mudo e Aleijado!

Mensagem por Fco Oliveira em Ter Mar 01, 2011 10:22 am



OS JUDEUS DIZEM QUE PARA O HOMEM SER OUVIDO E VISTO PELO O ETERNO DEUS YAHWEH, ELE PRECISA DE QUESITOS E O PRINCIPAL DELES, É TER O NOME "YAHWEH" EM SEU PRÓPRIO NOME!

MAS NADA DISTO É VERDADE, POIS MUITOS JUDEUS TEM ESTE TETRAGRAMA EM SEU NOME É SÃO OS PIORES ASSASSINOS.

Poderíamos utilizar como exemplo a passagem bíblica de 2 Crônicas 7.14, onde o Eterno Deus Yahweh dos Exércitos promete ao seu povo, ouvi-lo desde os Céus, sarando a sua terra e perdoando os seus pecados, pelo simples fato de se ter uma ação de busca com oração e humilhação perante a sua face.

Como estudioso dos originais em hebraico (Tanach - lê-se Tanar – O Antigo Testamento bíblico), constataríamos que neste texto há uma conclusão errada, pelos os brasileiros, devido a expressão: “que se chama pelo meu nome”.

II Crôn. 7;14 ao 16 E se o meu povo, que se chama pelo meu nome (que quer dizer se o meu povo que contêm o meu Nome em seus nomes), se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então Eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.

Agora estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração deste lugar.
Porque agora escolhi e santifiquei esta casa, para que o meu Nome (Yahweh) esteja nela perpetuamente; e nela estarão fixos os meus olhos e o meu coração todos os dias.

Em português seríamos inclinados a acreditar que o povo que “clama” pelo nome do Soberano Yahweh receberia as bênçãos, induzindo-o a um “clamor” contínuo; Se houvesse verdade na bíblia, mas como tudo que está escrito nela são mentiras e fábulas, nada disto se cumpre.

Quando analisado, o texto nos mostra algo muito mais impressionante. Na realidade não é : “se o meu povo que clama (chama) pelo meu nome ”e sim “ se o meu povo que contêm o meu Nome em seus nomes e em suas cidades”

Neste aspecto é verificado que não basta clamar por Ele apenas, mas sim, conter o seu Nome no nome do seu povo, para se obter as respostas divinas.

Todo aquele que acreditou que poderia falar com o Eterno Deus Yahweh dos Judeus, quebrou a cara, pois Ele nunca falou ou ouviu ninguém na terra, pois este Deus é igual ao Deus dos Cristo cego, surdo, mudo e aleijado.


Pois se Ele têm olho mas não vê, se têm ouvido não ouve ninguém e se têm boca nunca falou com nenhum ser humano na terra, pois Ele é mudo, cego, surdo e aleijado como o Deus do cristianismo.

De nada adianta o crente trocar de nome, para ter este tetragrama em seu nome, que nada vai mudar. Exemplo: Mateus- Matityahuh, Isaías-Yashayahuh etc.

Para uma defesa de tese, encontramos no texto do Torah, no livro de Números 6.27, que o Eterno Deus  Yahweh – o nome do Eterno em Hebraico, pede ao povo de Yashorul (Israel) que coloquem o seu Nome (Yahweh) nos nomes de seus filhos, para alcançarem a bênção ministrada pelos sacerdotes.

Números 6.27 Assim porão o meu nome (Yahweh) sobre os filhos de Yashorul, e eu os abençoarei.
Se houvesse verdade na bíblia, mas como tudo que está escrito nela são mentiras e fábulas, nada disto se cumpre.

A partir desta ordenança o povo passou a nomear os seus filhos com palavras compostas, como por exemplo: uma ação verbal, mais o nome Yahweh (o Nome do Eterno). Surgem os nomes de:

Elyahuh (Elias) com a tradução em: Deus é Yahweh;

Danyahuh (Daniel) – Deus é meu Juiz;

Yoel (Joel) – Deus é Yahweh (Yah é uma redução de YHVH);

Yehoshua (Josué – também chamado por alguns de Yeshua o mesmo Nome do Mashiach o Salvador do mundo) – Yahweh é salvação;

Yachanan (João) – Yah (redução de YHVH) é misericordioso;

Yehudah (Judá) – Yahweh (YHVH) é minha alegria ou alegria de Yahweh (YHVH);

Yedidiah (Jedidias - nome de Salomão dado pelo Eterno) – Amado de Yah (YHVH que se ler literalmente Yahweh); entre outros tantos nomes bíblicos.

Muitos passaram a ter esta visão e ter este mandamento como obrigatório no meio dos filhos de Yashorul. Como visto, não é clamar pelo meu nome, mas sim, conter o Nome Yahweh em seu próprio nome.

As bênçãos do Eterno não vêm a qualquer um, mas, àquele que têm o Nome dele gravado em seu coração. Só que isto nunca aconteceu, tudo enganação!

É como um gado marcado pelo seu dono, o seu proprietário tem o direito total sobre o seu gado que leva a sua marca no couro. Assim é todo aquele que é nascido do Eterno, todo aquele que crê no seu filho único como sendo o Mashiar, isto é, o Messias (ungido, escolhido).

Todo aquele que nele crê não será confundido! Aí está o segredo do novo nascimento: quem Nele crê é nascido de novo, recebe o seu novo Nome que contém o nome do Eterno.

As promessas do Soberano Criador sobre o novo céu e a nova terra, pertencem ao seu povo, um povo que é marcado pelo seu Nome que é Yahweh.

No livro de Yehoshua (Josué) 24.15 é encontrada uma situação como “divisora de águas”. O povo não sabia mais a quem adorar. Tinha perdido a noção do Nome do Eterno adorando aos deuses do Egito oriundos das práticas religiosas dos seus pais.

As bênçãos do Eterno vinham em parte sobre Yashorul, mas Yehoshua queria por inteiro, impedida por aqueles que não reconheciam o Eterno Yahweh como seu único criador.

Um dia de decisão ocorreu ali, ou eles aprenderiam definitivamente a adorar ao Nome do Eterno, ou não seriam abençoados por completo.

Em português nesta bíblia corrompida pelos os monges da ICAR consta "Senhor" que é Baal, como o nome a ser adorado, porém, em hebraico é a Yahweh que Yehoshua se refere. Ao propor a adoração à Yahweh, Yehoshua conduz o povo a cumprir as leis do Torah (leis de Moisés). Leis rígidas, punitivas, porém, abençoadora para aqueles que fossem fiéis.

Em meio a esta dúvida, Yehoshua diz a eles que qualquer que fosse a resposta não mudaria a situação da sua casa, dizendo ele: eu e minha casa adoraremos (serviremos) ao Eterno Deus Yahweh (YHVH).

Yehoshua deixa claro que o Eterno tem um Nome e este nome deve ser reconhecido pelo seu povo. Adorar a Yahweh dos Exércitos como a divindade criadora dos Céus e da Terra, é ter a porção dobrada das bênções celestiais, é ter as orações respondidas e a terra sarada pelo Soberano Criador.

Aleluia! (Hallu-yah , isto é, Hallu – adorem no imperativo; Yah - Yahweh (Nome do Eterno YHVH); Adorem a Yahweh!

Professor de Hebraico Bíblico e Moderno

http://www.ogalileo.com.br/cristianismo/artigos/se-o-meu-povo-que-contem-o-meu-nome-confira-o-artigo-de-more-valter-alexandre

Contacto: conteudo@ogalileo.com.br

Se houvesse verdade na bíblia, tudo que foi falado aqui neste tópico seria verdade, mas como tudo que está escrito nela são mentiras e fábulas, nada disto se cumpre e nem deve ser observado por ninguém.

Fco Oliveira
Admin

Mensagens : 1354
Reputação : -1
Data de inscrição : 13/07/2009
Idade : 54
Localização : Catanduva São Paulo

http://gideoes-ccb.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Deus do Judaísmo é Cego, Surdo, Mudo e Aleijado!

Mensagem por Fco Oliveira em Sex Mar 20, 2015 10:53 pm






O DEUS VIVO DA CCB É SURDO, CEGO, MUDO E ALEIJADO; POIS TEM BOCA MAIS NÃO FALA, TEM OUVIDO MAIS NÃO NOS OUVEM, TEM OLHO MAIS NÃO NOS VÊEM E NEM NOS SOCORREM NAS NOSSAS ANGUSTIAS!

Relatos verídicos vividos pelos os irmãos das tragédias do Rio de Janeiro e de Santa Catarina, 2.009 e 2.010!
Onde foram devastados suas casas, suas vidas, seus bens terrenos e também as igrejas ou casas de orações onde se faziam cultos em louvores a este Deus Vivo e seu Filho amado Jesus Cristo; nenhum dos dois apareceu para avisar ou socorrer aquelas pessoas.

Na bíblia diz sobre as estátuas, que têm boca mas não falam, têm olhos mas não vêem , tem ouvidos mas não ouvem; são mudas, surdas, cegas e aleijadas; o mesmo se pode dizer do "Deus Vivo" das denominações evangélicas, do cristianismo e do judaísmo.

O Deus “Vivo” que os cristãos, judeus e muçulmanos pregam, por acaso Ele fala com você, te ouve, ele te enxerga? Ele já te deu a mão para te ajudar a sair do buraco? Ele já andou contigo um kilômetro na sua angustia? A bíblia diz que esse Deus Vivo dos cristãos e judeus vê, fala e ouve, enquanto que os fatos provam e dizem: que Ele é mudo, surdo, cego e aleijado.

Isa. 46;5 A quem me assemelhareis (os deuses ou as estátuas), e com quem me igualareis, e me comparareis, para que sejamos semelhantes?
Isa. 46:6 Gastam o ouro da bolsa, e pesam a prata nas balanças; assalariam o ourives, e ele faz um deus (ou uma estátua), e diante dele se prostram e se inclinam.
Isa. 46:7 Sobre os ombros o tomam, o levam, e o põem no seu lugar; ali fica em pé, do seu lugar não se move; e, se alguém clama a ele, resposta nenhuma dá, nem livra alguém da sua tribulação.


Jer. 10;3 Porque os costumes dos povos são vaidade; pois corta-se do bosque um madeiro, obra das mãos do artífice, feita com machado;
Jer. 10:4 Com prata e com ouro o enfeitam, com pregos e com martelos o firmam, para que não se mova.
Jer. 10:5 São como a palmeira, obra torneada, porém não podem falar; certamente são levados, porquanto não podem andar. Não tenhais receio deles, pois não podem fazer mal, nem tampouco têm poder de fazer bem.


Estas profecias são reais, em se tratando do Deus Vivo do cristianismo e do judaísmo, como também em se tratando dos Deuses pagãos das nações; o que se diz de um, pode dizer do outro, pois os dois são iguais em tudo: são mudos, surdos, cegos e aleijados, pois, tem boca mais não fala, tem ouvido mais não ouvem, tem olho mais não vêem e tem pés e mãos mais não andam e nem ajudam a ninguém!

Ah! Mais na CCB o Deus Vivo fala com os crentes de lá!?! Quem já ouviu a sua voz? Quem já pegou na mão Dele? Quem já foi visto e socorrido por Ele? Ninguém! Então o Deus Vivo da CCB tem nome: o irmão ancião Paulo, Miguel, João etc; quem já ouviu a voz do Jesus Cristo dos crentes da CCB ou dos evangélicos? Ninguém!

Mais muitos ainda vão questionar dizendo: mais Deus não pode ser visto por ninguém, pois Ele é Espírito? Ok! Mais e o seu Filho Jesus Cristo? Ele é homem, portanto pode aparecer e conversar com qualquer um e porque não faz? Por que o Jesus Cristo da CCB é um mito, um ídolo imundo cego, surdo, mudo e aleijado.

Ah! Onde está o Messias Verdadeiro, aquele que se chama Yahushua Ha-Mashiach? Também sumiu! Ambos os dois Messias, tanto o Falso como aquele que se diz Verdadeiro, ambos desapareceram da face da terra; o que se diz de um pode se dizer do outro, que ambos não respondem, não ouvem e nem vêem as aflições dos homens na terra.

A bíblia diz que o Messias é o nosso advogado, nosso intercessor, nosso medianeiro e nosso salvador, mais quando se precisa dele, onde Ele está? Em lugar nenhum o encontramos e nem vemos a cara Dele! O Deus Vivo da bíblia do cristianismo e do judaísmo está pior do que o SUS, se o doente marcar uma consulta com Ele, quando chegar a vez dele ser atendido, o enfermo já morreu a muitos anos.

Como ouvimos uma frase muito tempos atrás do testemunho da "Menina Órfã": ah! Se Deus existisse, bem que Ele podia me ajudar... Aaah! Se Deus existisse, bem que Ele podia me ajudar e ter me avisado desta tragédia RJ... Aaaah! Se Deus existisse, bem que Ele podia me ajudar e ter evitado essa enchente SC... Mais a resposta divina infelizmente não existe, nem tem quem responda quando precisamos. Ai de nós! Que perecemos por falta de um Deus Vivo nas nossas vidas, amém.

Fco Oliveira
Admin

Mensagens : 1354
Reputação : -1
Data de inscrição : 13/07/2009
Idade : 54
Localização : Catanduva São Paulo

http://gideoes-ccb.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum