Gideões da CCB Livre de Religião.
Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Dezembro 2016
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Calendário Calendário

Estatísticas
Temos 1226 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Marcos T

Os nossos membros postaram um total de 1695 mensagens em 551 assuntos

A REVELAÇÃO DO MISTÉRIO DA SS. TRINDADE!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A REVELAÇÃO DO MISTÉRIO DA SS. TRINDADE!

Mensagem por Fco Oliveira em Ter Set 07, 2010 6:24 pm



ESSA É A HISTÓRIA MAIS CONFUSA DE TODOS OS TEMPOS, COINCIDENCIA OU UMA ARTIMANHA DE HA-SHATAN? A HISTÓRIA DA SS. TRINDADE É REPETIDA NOS PERSONAGENS BÍBLICOS DO PAI JOSÉ, DA MÃE MARIA E DO FILHO JESUS!

Que coincide com a mesma História do paganismo babilonico, o Pai Ninrode (o Deus Sol Invicto) representado por são José o Pai de Jesus, da Mãe Shamíramis que engravidou do Espírito de Ninrode representada por Maria que também engravidou do Espírito Santo e dessa união nasceu no dia 25 de Desembro, um menino que se chamou Tammuz representando Jesus que também nasceu no mesmo dia, isto é muito coincidencia! Vejam:

SÃO JOSÉ O PAI OU A PRIMEIRA PESSOA DA SS. TRINDADE:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_%28pai_de_Jesus%29

José é um personagem célebre do Novo Testamento bíblico, marido da mãe de Jesus Cristo. Segundo a tradição cristã, nasceu em Belém da Judéia, no século I a.C., era pertencente à tribo de Judá e descendente do rei Davi de Israel (segundo os relatos bíblicos, tem dois pai Mat. 1;6 e 16 de Jacó de Salomão e Luc. 3;23 e 31 Eli de Natan e um avó David). No catolicismo, ele é considerado um santo e chamado de São José.

Segundo a tradição, José foi designado por Deus para se casar com a jovem Maria, mãe de Jesus, que era uma das consagradas do Templo de Jerusalém (que coincide demais com a mesma consagração de Shamiramis no templo pagão de Ninrode com as suas sacerdotizas), e passou a morar com ela e sua família em Nazaré, uma localidade da Galiléia. Segundo a Bíblia, era carpinteiro de profissão, ofício que teria ensinado seu filho.

O Evangelho de Lucas atesta que o imperador Augusto ordenou um recenseamento em todo o Império Romano, que na época incluía toda a região, e a jovem Maria e seu esposo José se dirigiram a Belém, por ambos serem da Tribo de Judá e descendentes de Davi.

Que é igual a História de Ninrode o Deus Sol Invicto: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ninrode
Nimrod (também grafado Ninrode ou Nemrod) é um personagem biblico descrito como o primeiro poderoso na terra (Génesis 10:8; 1 Crónicas 1:10). Filho de Cush, que era filho de Cam, que era filho de Noé.

Segundo os historiadores José morre logo após o menino atingir os seus dose anos de vida, ficando assim aos cuidado de sua mãe, que é a repetição da História de Shamiramis e seu filho que morreu aos dose anos de vida; criado também sem a ajuda do pai Ninrode, é coincidencia demais essas duas Histórias, digo sem medo de errar: aqui tem o dedo de Ha-shatan!

A VIRGEM MARIA OU AS MUITAS "NOSSA SENHORA" (mãe de Jesus):

Maria (Μαρία transliteração em grego do hebraico Maryam, Miriã ou Miriam מרים que em hebraico significa "contumácia" ou "rebelião" [1][nota 1]; a origem é incerta, mas pode ter sido originalmente um nome egípcio, provavelmente derivado de mry ("amada") ou mr ("amor"),[2] no sentido de "senhora amada"; era a mãe de Jesus de Nazaré, segundo a Bíblia. Acredita-se que tenha nascido em Jerusalém a partir de 15 a.C., para alguns estudiosos teria nascido em Nazaré.

Aqui prova que Satanás usou a História do Salvador do mundo, usando os nomes dos seus pais hebreus Yosef e Myriam, para perpetuar a ídolatria aos deuses pagãos da Babilônia e como não existiu e nunca vai existir um lugar mais sagrado do que a bíblia sagrada, ele usou a própria bíblia para divulgar a doutrina satanica chamada "Santissima Trindade" ou o mistéria da mesma!

Vejam que coincidencia as duas Histórias são a mesma: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sem%C3%ADramis

Semíramis fora esposa de Ninrode, um dos primeiros homens mais poderosos do mundo (Gênesis 10:8-12), que inaugurou a cidade bíblica de Babel. Segundo a tradição, Ninrode desejava reunir toda a humanidade em torno de si e construir uma torre que chegasse aos céus, com o argumento de ninguém ser tragado por um dilúvio novamente, manterem-se unidos e serem conhecidos por gerações (Gênesis 11:4).

Com a grande estatura da torre, Ninrode tornou-se conhecido como "príncipe dos céus". Sobre este homem, Flavio Josefo escreveu: "Pouco a pouco, transformou o estado de coisas numa tirania, sustentando que a única maneira de afastar os homens do temor a Deus era fazê-los continuamente dependentes do seu próprio poder. Ele ameaçou vingar-se de Deus, se Este quisesse novamente inundar a terra; porque construiria uma torre mais alta do que poderia ser atingida pela água e vingaria a destruição dos seus antepassados.

O povo estava ansioso de seguir este conselho, achando ser escravidão submeter-se a Deus; de modo que empreenderam construir a torre [...] e ela subiu com rapidez além de todas as expectativas." — Jewish Antiquities (Antiguidades Judaicas), I, 114, 115 (iv, 2, 3). Já Semíramis ficou conhecida como "rainha dos céus", nome de uma divindade idolatrada no Oriente Médio durante a Idade Antiga.

JESUS CRISTO FILHO DE SÃO JOSÉ E DE NOSSA SENHORA OU TAMMUZ FILHO DE NINRODE E SEMÍRAMIS:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Jesus_Cristo

Jesus Cristo é a forma como a Bíblia se refere àquele cujos seguidores consideram o Messias.
A expressão "Jesus Cristo" surge várias vezes nos escritos gregos da Bíblia, no Novo Testamento, e veio a tornar-se a forma respeitosa como os cristãos se referem a Jesus, homem judeu que, segundo os evangelhos, nasceu em Belém da Judeia e passou a maior parte da sua vida em Nazaré, na Galileia, sendo por isso chamado, às vezes, de Jesus de Nazaré ou Nazareno. O título Cristo, portanto, confere uma perspectiva religiosa à figura histórica de Jesus.

Aqui Satanás usou a História do Salvador do mundo Yahushuah o Nazareno, para perpetuar as honras e os louvores aos demônios, os deuses pagãos; que coincide com os mesmo relatos de Tamuz, que nasceu exatamente no dia 25 de Dezembro como é festejado no nascimento de Jesus Cristo no dia 25 de Dezembro ou o Natal.

JESUS OU TAMMUZ: http://pt.wikipedia.org/wiki/Tamuz

Forma por que os semitas conheciam Adônis, da mitologia fenícia O bíblico Tamuz era um deus dos sumérios conhecido como Dumuzi e pelos egípcios como Osíris. Tamuz tinha como companheira Asterote, a rainha do céu - Ishtar para os acádios e Inanna para os sumérios. Antigos babilônios usavam cruzes como símbolos na adoração do deus da fertilidade, Tamuz.

Assim ficam claro que a doutrina pagã da SS. Trindade, é uma armadilha de Satanás para perpetuar os nomes dos deuses pagãos o Pai é Ninrode que nos é apresentado como São José que é representado por um ídolo ou padroeiro de muitas cidades do Brasil, o Filho é Tammuz que nos é apresentado como o menino Jesus (que nunca cresce, sempre tem 12 anos), que é a idade exata da morte de Tammuz;

E o Espírito Santo que nos é apresentado na pessoa da terceira pessoa da SS. Trindade que é Shamíramis, que nos é apresentada pela a figura materna e inquestionável de Maria a "Mãe de Deus"! Essa é a revelação exata do famoso mistério da trindade, tão obscurecido por todos, é uma doutrina malígna e satanica e foi introduzida exatamente no lugar mais sagrado, na bíblia que é para ninguém discordar ou duvidar.

Que o Altissimo Deus Yahuh tenha piedade de todos os evangelicos que foram iludido por essa doutrina de demônios, que foram batizados nessa doutrina pagã chamada de SS. Trindade Pai, Filho e Espírito Santo, que ainda desconhecem o Verdadeiro Nome do Criador e do Seu Filho que Ele enviou para nos salvar; sendo que o Nome do Pai é YHWH que se ler Yahuh e o Nome do Mashiach é Yahushuah, aleluia!

Fco Oliveira
Admin

Mensagens : 1354
Reputação : -1
Data de inscrição : 13/07/2009
Idade : 54
Localização : Catanduva São Paulo

http://gideoes-ccb.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A REVELAÇÃO DO MISTÉRIO DA SS. TRINDADE!

Mensagem por Fco Oliveira em Sex Maio 20, 2011 11:35 am

SOBRE MATEUS 28:19. Declaração do Cardeal Joseph Ratzinger ( Atualmente Papa )
" Ne quid Falsi dicere audeat, ne quid veri non audeat"
Tradução:
" Não ouse enunciar falsidade, nao ouse silenciar o que há de verdade"
Adágio Ciceroniano proposto por Leão XIII.

1. Cardeal Católico Joseph Ratzinger: A edição de 1968, Introdução ao Cristianismo: Por Joseph Ratzinger. página 82-83.

Resumo:
Ele faz essa afirmação sobre a origem do texto Trinitário principal de Mateus 28:19. "A forma básica da nossa profissão da fé(Mateus 28:19 trinitária) tomou forma ao longo dos séculos segundo e terceiro em conexão com a cerimônia de batismo. Até agora, como do seu lugar de origem está em prática, o texto (Mateus 28 : 19) veio da cidade de Roma ".

Texto integra:
"Forma Eclesial da Fé
Preliminares à história e à estrutura do Símbolo Apostólico da Fé:
1-Tudo o que se disse até aqui girou em volta da pergunta formal: o que é a fé e onde pode localizar-se no mundo do pensamento moderno? Onde pode exercer sua função? Assim forçosamente ficaram em aberto outros problemas mais vastos relacionados com a fé – e o conjunto quiçá se nos tenha apresentado ainda excessivamente pálido e indeciso.

As respostas só podem ser encontradas com um olhar direto para a fé messianica em sua feição concreta que a seguir vamos analisar, tomando por guia o assim chamado símbolo apostólico.
Talvez seja útil fornecer alguns dados sobre a origem e estrutura do símbolo, que contribuirão para esclarecer o "por quê" do nosso proceder.

2- A forma básica do nosso símbolo apostólico (que é a SS. Trindade) cristalizou-se no correr do segundo e terceiro século, em nexo com o rito batismal. Trata-se originariamente de uma fórmula nascida na cidade de Roma. ( Negrito Nosso) Contudo, seu lugar interno de origem é a liturgia, ou mais exatamente, o batismo.

3- O rito batismal fundamentalmente orientava-se pelas palavras do Mashiach Yahushua: "Ide, fazei discípulos a todos os povos e batizai-os em meu Nome, que é Yahushua Ha-Mashiach e não como está escrito na bíblia católica: Ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo" (Mt 28, 19).

4- De acordo com esta ordem da ICAR, o batizando ouvia três perguntas: "Crês em Deus, Pai todo-poderoso...? Crês em Jesus Cristo, Filho de Deus...? Crês no Espírito Santo...?" A cada uma das perguntas o batizando respondia: "Creio", sendo, de cada vez, mergulhado na água.

5- Portanto, a fórmula mais antiga do símbolo pagão da trindade, realiza-se em tríplice diálogo e está enquadrada no rito batismal tríplice.
Provavelmente ainda no correr do século II, mas sobretudo no século III, a fórmula tríplice, tão simples e complicada, e reproduzindo apenas o texto de Mt 28;19 sofreu um desdobramento em sua parte média, ou seja, na pergunta sobre o falso Cristo.

6- Por tratar-se do que é tipicamente do falso cristão, aproveitou-se a ocasião para fornecer um resumo a respeito da importância do falso Cristo para o cristão, dentro dos limites daquela pergunta. Igualmente a terceira pergunta, a profissão da fé no Espírito Santo, foi explicitada e desenvolvida como declaração da fé a respeito do presente e do futuro do cristão.

7- No século IV estamos diante de um texto contínuo, libertado do esquema de perguntas e respostas. A circunstância de continuar formulado em grego torna plausível sua origem no século III, pois no século IV a liturgia romana havia passado definitivamente para o latim. Não demora muito e surge uma versão latina.
"

link: integra Introdução ao Cristianismo por Joseph Ratinger.

http://www.scribd.com/doc/10773474/Introducao-Ao-Cristianismo-Joseph-Ratzinger

Conclusão:

O batismo da Trindade e o texto de Mateus 28:19, portanto, não se originou da Igreja original que começou em Yahushalaim (Jerusalém), por volta de 31 d.C. Foi sim, como elementos constituitivos de uma invenção posterior da Igreja Católica Apostólica Romana, foi completamente fabricado.

Poucas pessoas sabem sobre esses fatos históricos.
A respeito da tríplice imersão em nome de cada pessoa da tese trinitariana encontramos:

" O Batismo por Imersão, como atestam a Didaqué (7,1,3) e o Pastor. Normalmente tem lugar em água provinda da fonte. Comporta uma tríplece imersão, ligada à invocação das tres pessoas" ( Fonte: Nova história da Igreja Vol I- Pag 91 - Ed. Vozes) que não confere com o Didaqué original!

Nota: Da liturgia da Trindade a prática introduzida o Batismo por tres imersões nos mostram a origem desde batismo em data mais tarde. Outros cristãos denominados de "Patrísticos" irão acusar Tertuliano de ser o pai do Batismo Pagão ou idolatra, ou seja, o batismo nos titulos da trindade acompanhado do cruciforme na testa dos candidatos similarmente a inicialização de ritos pagãos a divindade Tammuz.

No Compêndio da História da Igreja de autoria de Frei Dagoberto Romag, I Volume , intitulado a Antigüidade Cristã , Editora Vozes pág. 90-93 e 143-145, diz que a ordem do batismo escrita em Mateus 28;19 (O Batismo em nome do Pai Filho e Espírito Santo) , saiu da Pena de Tertuliano no ano 197.

Tertuliano era natural de Cartago, filiado a doutrina da trindade de Montano. Escreveu o primeiro catecismo sobre o batismo da trindade, e acompanhado com este batismo ,o sinal da cruz, e chamava-se "A fé de Irineu e Tertuliano".

Após sua morte no ano de 220, este dogma foi introduzido no ano 255 no primeiro sinódio dirigido por Cipriano. Tertuliano foi chamado de autor do batismo da idolatria (Dicionário Prático Ilustrado, edição, 1957., Lello & Irmãos-Editores pg. 1908).

"O Evangelica Demonstratio" por Eusébio: Eusébio de Cesaréia. 265 AD. "337 AD.
Eusébio foi o historiador da Igreja e Bispo de Cesáreia. Na página 152 Eusébio cita o livro de Matityahuh (Mateus) que ele tinha em sua biblioteca de Cesaréia.

Segundo essa testemunha ocular de um livro de Matityahuh inalterado que poderia ter sido o livro original ou a primeira cópia do original de Matityahuh. Eusébio nos informa de palavras reais de Yahushua aos seus discípulos no texto original de Mat. 28;19: "Com uma palavra e voz Ele disse aos seus discípulos:" Ide, fazei discípulos de todas as nações em Meu Nome (o Nome é Yahushua Ha-Mashiach), ensinando-os a observar todas as coisas que vos tenho ordenado.

Eusébio foi o Bispo de Cesareia e é conhecido como o pai da História da igreja.
Eusébio cita muitos versículos em seus escritos, e Mat. 28;19 é um deles. Ele ao citá-lo nunca é como hoje em nossas Bíblias modernas, mas ele sempre termina o versículo com as palavras em MEU NOME. Por exemplo, no Livro III de sua História, capítulo 5, Seção 2, que trata da perseguição judaica dos primeiros messianicos, lemos:

Mas o resto dos apóstolos, que tinham sido incessantemente perseguidos, com vista à sua destruição, e haviam sido expulsos das terras da Judéia, foi para todas as nações para pregar o Evangelho, confiando no poder de Yahushua, que disse para eles, vós, fazei discípulos de todas as nações em meu Nome.

E, novamente, em sua Oração em louvor do Imperador Constantino, Capítulo 16, Seção 8, lemos:
O rei ou príncipe Yahushua Ha-Mashiach, em qualquer época do mundo, o legislador, filósofo ou profeta, em terras civilizadas ou bárbaras, alcançou uma altura tão grande de excelência, eu digo, não depois da morte, mas enquanto ainda vive, e cheio de grande poder, como preencher as orelhas e línguas de toda a humanidade com os elogios do seu Nome?

Certamente ninguém será salvo, sem o nosso Salvador Yahushua, pois, foi para salvar o mundo que Ele morreu. Quando, após sua vitória sobre a morte, Ele disse estas palavras aos seus seguidores, e cumprida por esse evento, dizendo-lhes: vós, fazei discípulos de todas as nações em meu Nome .

Não há uma única ocorrência dos discípulos batizar alguém usando a fórmula trinitária. Toda a escritura no Novo Testamento mostra que as pessoas foram batizadas em nome de Yahushua Ha-Mashiach, mesmo depois do Pentecostes.

E quando as pessoas na liderança da igreja receberam o Ruach Ha-Kodesh (Espírito Santo de Yahuh nosso Deus), foi sem a fórmula trinitária, como em Atos 8:17.
Então Kefas (Pedro) e Yohanan (João) impuseram as mãos sobre eles, e eles receberam o Espírito Santo
Eram somente Batizados em nome de Yahushua Ha-Mashiach Atos 8:16.

Nesta citação de I Coríntios 1: 13,15 o Apostolo deixa muito evidente que o Batismo era realizado em nome de Yahushua Ha-Mashiach.
Fostes vós batizados em nome de Shaul (Paulo)?... Para que ninguém diga que fostes batizados em meu nome.
Yahushua nos 3 evangelhos de Lucas, Marcos e João, fala de que as pessoas receberão perdão pelo SEU NOME e em SEU nome farão as obras. Lucas 24:47, Marcos 16:17
Evangelho de João diz que crendo no NOME de Yahushua temos vida.
João 20:31.

FONTES:
Históricas históricas mencionam o BAtismo Apostólico em nome de Yahushua Ha-Mashiach como sendo mais antigo e da primeira e original igreja messianica:

Já observou que os apóstolos, só batizavam em nome de Yahushua Ha-Mashiach? Porque? Será que eles não entenderam ou não ouviram a ordem do Mestre? Confirme pelos textos da Bíblia, a discordância entre a ordem de Yahushua e o batismo realizado pelos seus apóstolos.

(Atos 2;38, Atos 8;12 e 16, Atos 10;47 e 48, Atos 19;5, Atos 22;16, Efésios 4;5, Romanos 6;3 e 4, Gálatas 3;27, Col. 2;11, Col. 3;17)

E o que dizem outras fontes a cerca desta controversa passagem inserida no cânon sagrado?

ENCYCLOPEDIA BRITANNICA, 11th Ed. Vol. 3 Page 365-366, "The baptismal formula was changed from the name of Jesus Christ to the words Father, Son, and Holy Ghost by the Catholic Church in the 2nd Century." Vol. 3 Page 82 "Everywhere in the oldest sources it states that baptism took place in the Name of Yahushua Ha-Mashiach."

ENCICLOPEDIA BRITÂNICA, 11a Edição, Vol.3 Pg 365-366, "A fórmula batismal foi mudada do nome de Yahushua Ha-Mashiach para as palavras Pai, Filho e Espírito Santo pela Igreja Católica no 2º Século. " Volume 3 pag.82 "Sempre nas fontes antigas menciona que o batismo era em Nome de Jesus Cristo."

CANNEY ENCYCLOPEDIA OF RELIGION, Page 53 -- "The early church always baptized in the Name of Lord Yahushua Ha-Mashiach until the development of the trinity doctrine in the 2nd Century."

ENCICLOPEDIA DA RELIGIÃO - CANNEY, pg 53 -- "A religião primitiva sempre batizava em Nome do Salvador Yahushua Ha-Mashiach até o desenvolvimento de doutrina da trindade no 2° Século."

1913 CATHOLIC ENCYCLOPEDIA, Vol. 2, page 365, Here the Catholic acknowledge that baptism was changed by the Catholic Church.

ENCICLOPÉDIA CATÓLICA DE 1913, Vol. 2, pg 365, “Aqui o Católico reconhece que o batismo foi mudado pela Igreja Católica”.

HASTINGS ENCYCLOPEDIA OF RELIGION, Vol. 2 pages 377-378-389, "The Christian baptism was administered using the Name of Jesus. The use of the trinitarian formula of any sort was not suggested in the early church history, baptism was always in the Name of the Lord Jesus, until the time of Justin Martyr when the trinity formula was used."

Hastings also said in Vol. 2 Page 377, commenting on Acts 2:38, "NAME was an ancient synonym for person. Payment was always made in the name of some person referring to ownership. Therefore one being baptized in Jesus Name became his personal property." "Ye are Christ's." I Cor. 3:23.

NEW INTERNATIONAL ENCYCLOPEDIA, Vol. 22 Page 477, "The term "trinity" was originated by Tertullain, Roman Catholic Church father."

ENCICLOPÉDIA DA RELIGIÃO - HASTINGS, Vol. 2 pg 377-378-389. "O batismo messianico era administrado usando o Nome de Yahushua Ha-Mashiach. O uso da fórmula trinitariana de nenhuma forma foi sugerida pela história da igreja primitiva; o batismo foi sempre em NOME do Salvador Yahushua Ha-Mashiach até o tempo do mártir Justino quando a fórmula da trindade foi usada”. Na página Hastings comentando Atos 3:28, diz: "NOME é o antigo sinónimo de pessoa.

Pagamento foi sempre feito em nome de alguma pessoa, referindo-se a propriedade. Portanto alguém batizado em nome de Yahushua Ha-Mashiach torna-se sua propriedade pessoal”. Nova Enciclopédia Internacional, Vol. 22 pg 477, "O termo ‘trindade’ se originou com Tertuliano, padre da Igreja Católica Romana”.

TYNDALE NEW TESTAMENT COMMENTARIES: "... the true explanation why the early church did not at once administer baptism in the threefold name is that the words of Mat 28:19 were not meant as a baptismal formula. [Yahushua Ha-Mashiach] was not giving instructions about the actual words to be used in the service of baptism, but, as has already been suggested, was indicating that the baptized person would by baptism pass into the possession of the Father, the Son, and the Holy Ghost."

TYNDALE COMENTÁRIOS DO NOVO TESTAMENTO: "...a verdadeira explanação porque a igreja primitiva nunca administrava o batismo em nome dos três, que se refere Mat. 28:19 porque não significava uma formula batismal. [Yahushua Ha-Mashiach] não estava dando instruções das palavras que deveriam ser usadas no rito batismal, mas como já havia sugerido, que a pessoa batizada tornava-se posse do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

THE ENCYCLOPEDIA OF RELIGION AND ETHICS, James Hastings, p.384, "there is no evidence [in early church history] for the use of the triune name." Rev. Steve Winter

ENCICLOPÉDIA DE RELIGIÃO E ÉTICA, James Hastings, pg.384. "Não existe evidência [na história da igreja primitiva] do uso dos três nomes."Rev. Steve Winter ATOS 4:12 "E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos."


Pesquisa e comentários realizada por: Evangelista Flavio
Blog: evangelistaflavio.blogspot.com

COM ALGUMAS VARIAÇÃO POR: GIDEÃO DE YAHUSHUA:
http://gideoesdeyahushuah.blogspot.com/

Fco Oliveira
Admin

Mensagens : 1354
Reputação : -1
Data de inscrição : 13/07/2009
Idade : 54
Localização : Catanduva São Paulo

http://gideoes-ccb.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum